Cada vez mais, empresas elaboram políticas que visam promover saúde no trabalho. Os benefícios dessa prática são inúmeros, tanto para a organização quanto para o colaborador. Afinal, quando o bem-estar do funcionário é colocado em primeiro lugar, este desempenha funções com maior produtividade e satisfação. Além disso, a busca pela dignidade no trabalho atribui credibilidade à organização e destaque perante o mercado.

Tendo em vista os benefícios de zelar a saúde dos funcionários no ambiente profissional, elencamos alguns esclarecimentos sobre o assunto e dicas práticas para que você possa desenvolver a organização nesse sentido. Não deixe de conferir!

contratar um plano de saúde para sua equipePowered by Rock Convert

Importância da saúde no ambiente de trabalho

Até hoje, fatores físicos e psicológicos do ambiente profissional estão relacionados a diversas doenças ocasionadas no trabalhador. Por essa razão, o próprio Estado se ocupou historicamente de regulamentar determinadas atividades econômicas para salvaguardar a saúde do funcionário.

Atualmente, por exemplo, há uma série de normas e medidas a serem seguidas pelas instituições para garantir a integridade do colaborador. Esses investimentos, entretanto, já deixaram de ser um peso no orçamento do negócio.

Cada vez mais, empresas notam ganhos significativos ao promover saúde no trabalho, tanto em produtividade quanto em lucratividade. Além disso, a adoção de políticas que focam a qualidade de vida demonstram preocupação com o bem-estar coletivo e a vida humana.

Benefícios da promoção da saúde no trabalho

Quanto maior a satisfação e a sensação de bem-estar no ambiente de trabalho, melhor é o desempenho da equipe e a produtividade nos setores. Isso porque o trabalhador, quando se sente amparado pela empresa, tende a construir laços mais sólidos de pertencimento e solidariedade.

Sem dúvidas, esse sentimento interfere de maneira positiva nas relações interpessoais que o funcionário estabelece dentro do ambiente profissional e, também, na motivação que desenvolve para exercer o ofício. Logo, cada investimento efetuado para promover a saúde no trabalho gera bons resultados, inclusive no que se refere à lucratividade do negócio.

Dicas para melhorar a saúde dos funcionários

Agora que você já entende sobre a importância desse assunto e como ele pode influenciar a sua empresa, conheça 6 dicas para promover uma cultura de cuidado na sua equipe.

1. Alerte sobre a postura para a digitação

Um dos grandes males do século é a dor na coluna, já que a revolução das tecnologias criou categorias profissionais que podem realizar o trabalho exclusivamente pelo computador.

Ficar na mesma posição por bastante tempo e de maneira incorreta, entretanto, pode acentuar problemas na estrutura óssea. Nesses casos, portanto, uma das melhores formas de preservar a saúde do colaborador é alertar sobre a postura para a digitação.

Promover ginásticas laborais e incentivar o alongamento durante as pausas no trabalho também é uma maneira eficiente de promover o bem-estar do trabalhador.

2. Valorize os princípios ergonômicos

Além de alertar sobre a postura, é importante oferecer condições físicas básicas para que o colaborador possa usufruir de conforto e reduzir dores relacionadas à posição no trabalho.

Nesse sentido, é indispensável observar princípios ergonômicos, avaliando o mobiliário dos setores e a sua colocação e disposição no ambiente profissional.

É importante, da mesma forma, avaliar a confiabilidade e a segurança dos equipamentos de proteção, conforme as funções desempenhadas na empresa, para que a equipe trabalhe em condições adequadas.

Powered by Rock Convert

3. Alterne as atividades dos funcionários

Flexibilizar os horários de trabalho ou, ainda, alternar as atividades desempenhadas pelos funcionários também é uma forma eficiente de promover saúde no ambiente profissional.

A diversificação de tarefas, além de tornar o expediente interessante, permite movimentar mais o corpo e alongá-lo, de modo a evitar dores.

Essa alternância, entretanto, também auxilia na redução do estresse e do cansaço mental, já que a repetição de tarefas pode, ao longo dos anos, gerar desgaste emocional.

4. Promova o cuidado com a saúde bucal

O absenteísmo na empresa, em grande parte, deve-se à identificação de complicações bucais no trabalhador. Por essa razão, a promoção do bem-estar no trabalho e a diminuição da taxa de ausências passa, também, pelo fornecimento de acesso a tratamentos dentários preventivos.

Muitas empresas, inclusive, já ofertam plano de saúde odontológico para os funcionários. Além do retorno em produtividade, a instituição ainda pode obter vantagens fiscais ao conceder tal benefício aos colaboradores.

5. Oriente sobre cuidados com a saúde física e emocional

Ainda que a empresa invista para promover de maneira eficiente a saúde no ambiente de trabalho, os resultados só são efetivos quando há contribuição por parte do colaborador.

A organização depende da vontade do funcionário para tornar efetivo os cuidados com a saúde física e mental. Nesse contexto, portanto, realizar treinamentos, cursos ou palestras que orientem sobre a importância das políticas desenvolvidas pelo negócio é fundamental.

Por meio de eventos como esses, a empresa também poderá criar experiências formativas para desenvolver o relacionamento interpessoal na equipe e fortalecer os laços de solidariedade e comprometimento.

6. Ofereça boa alimentação na empresa

Uma das grandes causas do adoecimento é o descuido com a nutrição. Essa é, inclusive, uma das razões pelas quais os médicos sempre orientam sobre os riscos de ingerir determinados alimentos para a saúde física e psicológica do indivíduo.

A falta ou o excesso de algumas substâncias no corpo pode trazer sérios problemas à integridade do trabalhador e, também, afetar a sensação de bem-estar e motivação no espaço profissional.

Busque, portanto, oferecer alimentação saudável e lanches nutritivos nos setores, para assim reduzir ao máximo os afastamentos e eliminar o risco de adoecimento entre a equipe.

A promoção da saúde no ambiente de trabalho é fundamental para concretizar os princípios de dignidade humana e valorização à vida. É importante observar que empresas também são constituídas e movidas por propósitos humanitários.

Os efeitos de investir na qualidade de vida do funcionário, entretanto, ultrapassam a mera obrigação moral a que toda a sociedade está comprometida.

Benefícios como aumento do desempenho da equipe, por exemplo, são comprovados inclusive em pequenas organizações. Vale lembrar que investir em saúde no trabalho, além de auxiliar no desenvolvimento da instituição, também eleva a credibilidade do negócio no mercado.

E então? Gostou do nosso artigo? Compartilhe o conteúdo nas suas redes sociais para que mais pessoas descubram dicas de como promover a saúde no ambiente de trabalho!

Powered by Rock Convert

Escreva um comentário

Share This