Saúde no ambiente de trabalho: como garantir trabalhando de casa?

6 minutos para ler
Novos cenários causados pela COVID-19: quais os impactos para as empresas?Powered by Rock Convert

O trabalho em casa, também conhecido como home office, é uma tendência que não para de crescer em todo o mundo. Esse tipo de estratégia alia praticidade aos conceitos de qualidade de vida e permite que, assim, o colaborador possa ter muito mais conforto em seu dia a dia.

No entanto, apesar de ser em casa, o home office não deixa de ser um escritório como outro qualquer. Por isso, precisamos atentar aos conceitos de saúde no ambiente de trabalho também quando ele for fora da empresa. Isso envolve questões que são fundamentais para evitar as doenças ocupacionais.

Mas, afinal, quais são essas medidas e como elas podem contribuir para a saúde do colaborador? A seguir, mencionamos alguns dos problemas que podem surgir caso esses cuidados não sejam tomados e, claro, damos dicas para favorecer a saúde da equipe no home office. Boa leitura!

Quais são as consequências de não cuidar da saúde no home office?

É fácil de se descuidar da saúde no ambiente de trabalho quando o escritório fica no quarto ao lado. Afinal, estando confortável na sua casa e perto das coisas de que gosta, a tendência é fazer tudo com mais prazer. No entanto, como a carga horária costuma não ser tão controlada quanto em um espaço fora de casa, é mais comum dedicar mais horas que o normal à profissão.

Trabalhar em excesso, porém, pode causar complicações nos dedos das mãos e no pulso, como a tendinite. E ficar na mesma postura, ainda que seja confortável, pode gerar problemas na coluna também. A ansiedade e a depressão são outras consequências disso.

Como manter a saúde no ambiente de trabalho em casa?

Agora, veremos algumas dicas para favorecer a saúde do colaborador que estiver trabalhando em regime de home office. São todas dicas muito simples e que podem ser incentivadas por meio de ações informativas, sejam elas presenciais ou online. Vamos lá?

Ter cadeiras ergonômicas

No home office, você passa muitas horas sentado, na mesma posição; portanto, é recomendado que o faça em uma cadeira confortável e que não machuque a coluna. O assento ergonômico é essencial para que se possa cuidar da saúde no ambiente de trabalho.

Alguns pontos precisam ser considerados:

  • tamanho certo do corpo — os pés têm que tocar o chão, e as pernas devem ficar retas;
  • proteção de áreas da coluna, como a lombar, com o apoio adaptado para o corpo;
  • assento reto e sem formato, com a borda da frente redonda.

Praticar atividades físicas

Não é à toa que se diz que fazer exercício físico dá clareza aos pensamentos. O ato de se exercitar relaxa o corpo, pois produz substâncias químicas que desestressam o praticante. 

E você não precisa de muito tempo e nem muito espaço. Atividades como a ioga já deixam o corpo mais tranquilo, e a sua mente mais criativa e descansada. Além de ajudar com o estresse, ela reduz a ansiedade e trabalha partes do corpo que não estão em movimento, por ficar muitas horas sentado por dia.

Powered by Rock Convert

Estabelecer um horário para começar e terminar as tarefas

Este ponto é muito importante para não sobrecarregar vários aspectos da vida profissional em home office, como forçar demais as articulações e a coluna, aumentar o estresse e a ansiedade e perder tempo com a família e amigos.

Fazer pausas

As pausas também são importantes em vários aspectos, como descansar os olhos e recarregar as energias. É bom aproveitar esse tempo para, por exemplo, fazer um relaxamento (existem técnicas que gastam de 10 a 15 minutos), comer alguma coisa, distrair-se com questões de fora do seu espaço de trabalho e brincar com os filhos e animais. Fazer alongamentos também ajuda, pois, além de ser benéfico para a mente, essa prática diminui problemas de circulação, tais como as varizes. 

O importante é ter consciência para que esse descanso não vire procrastinação e passe do tempo útil. Assim, conforme apontamos no item anterior, estabeleça prioridades e a separação dos períodos de descanso e de trabalho.

Controlar o estresse

Como já dito, o manejo adequado do estresse é um ponto muito importante na vida em home office. 72% dos brasileiros sofrem alguma sequela referente ao estresse, e 32% estão a ponto de cair em esgotamento mental, o famoso burnout, que afeta negativamente a produtividade e o bem-estar do indivíduo.

Por isso, dar um tempo, ter um hobby e tirar momentos da semana e do dia para simplesmente relaxar são estratégias essenciais para manter a saúde mental. Além disso, elas também melhoram a autoestima do trabalhador e a saúde geral do organismo.

Dar atenção à saúde mental

Manter o corpo são é, sem dúvida, muito importante para qualquer pessoa. No entanto, a mente também precisa estar em paz, atingindo o que pode ser chamado de equilíbrio mental e físico. Sendo assim, cuidar do psicológico é algo imprescindível para se manter sempre motivado para a realização de tarefas do dia a dia.

Uma boa maneira de fazer isso é criar uma rotina e mantê-la sempre que possível, o que evita a sobrecarga e favorece o controle do tempo, permitindo um uso mais inteligente das horas para os cuidados com a saúde e a prática de atividades que melhorem a qualidade de vida de maneira geral.

Gostou de conhecer essas formas de garantir a saúde no ambiente de trabalho em regime de home office? Esse tipo de cuidado traz impactos positivos para a produtividade dos colaboradores e — o que é mais importante — para a qualidade de vida. 

Por isso, a realização de atividades físicas, a atenção aos períodos de pausa e de dedicação e o cuidado com a saúde mental devem ser incentivados pela empresa de maneira contínua, a fim de melhorar não só os resultados, mas a satisfação de toda a equipe.

Para que os seus amigos também possam ficar por dentro dessas dicas, compartilhe este artigo em suas redes sociais! Assim, mais gente poderá desenvolver saúde no ambiente de trabalho, prezando por qualidade de vida e bem-estar.

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário