Não são apenas os adultos que precisam descobrir o seu próprio valor, aliás tudo se inicia na infância. A autoestima infantil também é um tema que deve ser debatido, já que esse aspecto começa a ser desenvolvido desde muito cedo.

E diversos fatores estão envolvidos com esse processo de desenvolvimento do ser humano. Entre eles está também a saúde bucal, afinal, ela tem um grande peso para a aparência das pessoas.

As crianças também valorizam a sua própria imagem e precisam estar satisfeitas com ela. Além da questão do cuidado com os dentes, isso também se reflete na forma como os pequenos interagem socialmente.

Continue lendo este post porque nós vamos falar a respeito da influência que a saúde bucal tem na autoestima infantil e também a importância de os adultos darem atenção a esse tema. Acompanhe!

A autoestima infantil

Durante a fase da adolescência é mais comum que os adultos percebam que os jovens começam a se preocupar com a sua própria aparência.

Com isso, muita gente acredita que a autoestima é um aspecto apenas para quem tem um pouco mais de idade, o que é um erro.

A autoestima na verdade começa a ser formada desde a mais tenra idade. Isso acontece porque ela não está envolvida apenas com as questões da aparência física. Também tem as suas bases na forma como a criança enxerga suas próprias habilidades e o seu potencial.

Ou seja, essa é uma construção do ser humano que precisa ser estimulada e valorizada nas crianças para que elas possam conhecer todas as suas qualidades e saibam valorizar a si mesmas.

Além de acreditar em seu próprio potencial e desenvolverem competências, as crianças também precisam ser estimuladas na satisfação com a sua própria pessoa e o seu corpo. E é por isso que a saúde bucal é um fator que está envolvido diretamente nisso.

A importância da saúde bucal

O sorriso é um cartão de visita para todas as pessoas, inclusive para as crianças. Talvez os mais novos não manifestem aquilo que pensam a respeito da sua própria imagem, porém, é fato que as crianças também entendem e prestam atenção a isso.

Uma prova do que estamos falando é o fato de elas se apegarem a uma roupa, um calçado, até mesmo uma fantasia do seu super-herói ou personagem favorito. Vestir-se daquela maneira traz uma satisfação para a criança, ela se sente bem e isso eleva sua autoestima.

A respeito da dentição e da saúde bucal, os pequenos também prestam atenção nesse fator. Um exemplo do que estamos falando é a troca dos dentes de leite, os decíduos, pelos dentes permanentes.

A famosa “janelinha” é algo muito ansiado pela maioria das crianças e elas fazem questão de mostrar quando essa nova fase da sua vida se inicia. Ou seja, podemos notar que aparência dos seus dentes e do seu sorriso é algo que tem valor para elas.

Embora ainda ingênuas e inocentes, as crianças conseguem perceber e compreender quando seus dentes estão bonitos ou não. E é claro que elas sabem valorizar quando a imagem do seu sorriso está realmente agradável.

Por isso, dentes quebrados, faltosos, tortos, cariados ou amarelados são falhas que elas percebem. Como dito, talvez não relatem isso para os adultos, mas são situações que trazem constrangimento para elas, já que estão constantemente se comparando com outras crianças.

Por essa razão, é fundamental que os pequenos, assim que começam a nascer os seus primeiros dentes de leite, tenham o acompanhamento de um odontopediatra. Esse profissional dará assessoria aos pais, tutores ou cuidadores durante o desenvolvimento da criança.

O papel do odontopediatra

O odontopediatra é o especialista em cuidar da saúde bucal das crianças. Esse profissional tem as habilidades necessárias e o conhecimento específico para acompanhar o desenvolvimento dos dentes e dos ossos da face dos pequenos.

Por isso, recomenda-se que quando começarem a nascer os primeiros dentes no bebê essa criança já seja acompanhada por esse profissional.

Powered by Rock Convert

Ele ajudará os pais a manterem os dentes e tecidos bucais da criança sempre saudáveis, adotando os devidos cuidados em casa.

Ao mesmo tempo, ele observará esse desenvolvimento para que possa identificar, ainda no começo, possíveis problemas que poderiam desenvolver-se para complicações mais severas no futuro, trabalhando sempre com a prevenção.

Dessa forma, pode adotar medidas precoces para garantir a saúde bucal das crianças. Isso envolve prevenções como a profilaxia e a aplicação de flúor, bem como correções que já sejam necessárias.

A má oclusão, por exemplo, é um problema bastante comum, mas que pode ser minimizado se a criança tiver um acompanhamento desde cedo. Afinal, o odontopediatra observará as condições dos seus dentes de leite, bem como o crescimento dos permanentes.

Certas características podem indicar que a criança terá problemas com dentes desalinhados ou na mordida. O odontopediatra pode intervir ajudando a guiar o nascimento dos dentes permanentes, bem como corrigindo os ossos faciais com o suporte de aparelhos ortodônticos.

É dessa forma que esse profissional ajuda a cuidar da saúde bucal das crianças, possibilitando desenvolver sua autoestima forma saudável. Então, vemos que o papel dos adultos é fundamental para dar esse suporte aos pequenos.

A responsabilidade dos adultos

A criança não pode atingir certos patamares sozinha. Ela necessita de suporte, de apoio e de estímulo para conhecer a si mesma e ao mundo ao seu redor, ao mesmo tempo em que percebe qual é o seu espaço e a sua importância na sociedade.

Por isso, o desenvolvimento da autoestima infantil é de responsabilidade dos adultos porque isso é uma forma de garantir que as crianças terão saúde em seu aspecto mais completo, de acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde).

Segundo esse órgão, a saúde não é apenas ausência da doença, mas sim o completo bem-estar físico, mental e social de um indivíduo.

Assim, podemos perceber que sem a autoestima elevada a criança não está saudável. E não podemos esquecer que problemas com a dentição também podem acarretar no bullying, uma questão que exige muita atenção em função dos impactos negativos que pode trazer para o desenvolvimento infantil.

O descuido com a saúde bucal da criança pode trazer muitas complicações para a aparência do seu sorriso. Como dito, dentes amarelados, cariados ou desalinhados vão impactar a sua imagem e a forma como a criança será recebida e vista por outras da sua idade.

Portanto, é fundamental para o bom desenvolvimento infantil e o seu potencial social que os seus dentes estejam bonitos e saudáveis. Dessa maneira, ela se sentirá mais segura com a sua aparência e não terá vergonha de interagir.

O impacto para o futuro da criança

Tudo que é vivido durante a fase da infância é essencial para o desenvolvimento do ser humano e se reflete em sua vida adulta. Por isso, é fundamental garantir bem-estar e qualidade de vida para os pequenos.

Quando está satisfeita com a sua própria imagem a criança se sente mais confiante, com isso, ela consegue desenvolver melhor o seu potencial porque interage com tudo ao seu redor e com todas as pessoas.

A baixa autoestima traz a insegurança, a timidez e ainda a desvalorização de si mesmo. Crescendo assim, durante a sua adolescência e na vida adulta o indivíduo não consegue perceber o seu próprio potencial e pode sofrer impactos psicológicos mais extensos.

Aqui podemos citar não apenas os quadros constantes de estresse, mas também a ansiedade, a depressão, distúrbios alimentares, entre muitos outros — além dos bloqueios e limitações que a própria pessoa se impõe por desvalorizar a si mesma.

Portanto a saúde bucal e a aparência do sorriso são fundamentais para garantir a autoestima infantil elevada. Cabe aos adultos possibilitarem a elas o benefício que os cuidados odontológicos trarão para o seu desenvolvimento.

Então, como pai ou responsável por um ou mais pequenos, procure por um excelente odontopediatra e garanta esse cuidado a quem você ama.

Aprenda mais sobre os impactos da saúde bucal em nossa vida de um modo geral. Basta curtir nossa página no Facebook e seguir nosso perfil no Twitter e no LinkedIn para acompanhar nossas postagens!

Powered by Rock Convert

Escreva um comentário

Share This