Implementar políticas para a retenção de talentos ainda é um dos grandes desafios do empreendedorismo. Apesar dos obstáculos, a prática de manter lideranças capacitadas é de extrema importância para o sucesso das instituições e a saúde dos negócios.

Afinal, é o capital humano o grande responsável pelo crescimento de uma organização no mercado. Para garantir bons resultados com os colaboradores, no entanto, é necessário investir em bem-estar no trabalho e apostar na valorização das equipes.

Tendo em vista a importância de reter talentos corporativos, listamos dicas de como manter os funcionários na empresa, esclarecendo aspectos importantes sobre o tema. Não deixe de conferir!

O significado de retenção de talentos

Retenção de talentos é um conjunto de políticas, práticas e ações instituídas pela empresa com a finalidade de garantir a permanência de profissionais que apresentam bom desempenho. Trata-se de uma tentativa de atrair colaboradores acima da média e mantê-los em longo prazo no negócio.

A busca pela implementação dessas práticas surge, principalmente, pela necessidade de ganhar destaque perante um mercado altamente competitivo e abrangente.

Para tanto, a identificação de profissionais qualificados começa ainda na fase de recrutamento, em que o RH observa competências técnicas e comportamentais para a contratação.

Os benefícios de reter talentos corporativos

São inúmeros os benefícios obtidos pela empresa a partir da implementação de políticas de retenção de talentos. Um deles é a construção de um clima de trabalho agradável para os colaboradores, o que influencia na própria satisfação do cliente.

Isso se deve ao fato de profissionais talentosos colaborarem com a equipe no dia a dia, promovendo respeito e harmonia entre os funcionários.

Outra vantagem obtida pelas políticas mencionadas é o aumento do engajamento da equipe para o trabalho e, consequentemente, a elevação da produtividade como um todo. Tal benefício, em conjunto com a redução da rotatividade de colaboradores, contribui para amenizar desperdícios e aumentar a lucratividade média da organização.

A redução de custos com processos de contratação também é um ponto positivo. Afinal, cada vez que um colaborador sai da empresa, é preciso iniciar e desenvolver um processo de recrutamento e outro de treinamento.

Isso demanda tempo, esforço e dinheiro, bem como retira funcionários de suas atividades para que possam participar da escolha e da posterior capacitação dos novos colaboradores. Por outro lado, ao manter os talentos por mais tempo, diminui-se a necessidade de esses processos serem feitos e, assim, recursos são economizados.

6 maneiras de reter talentos na empresa

Apesar dos importantes benefícios obtidos pela empresa, reter talentos ainda é desafio para muitos empreendedores. Confira agora algumas práticas que podem auxiliar nessa tarefa!

1. Montar um plano de carreira

Oferecer espaços para a ascensão profissional dentro da própria empresa, por meio de planos de carreira bem-estruturados, é um estímulo positivo para colaboradores talentosos. Também pode motivá-los a ampliar seus esforços para a construção do sucesso do negócio.

Sendo positivo para o trabalhador, que terá visão de um futuro promissor na empresa, esse plano, aliado a uma prática meritocrática, também é atraente para o alcance do potencial. Basicamente, podemos dizer que essa ação contribui para a permanência das pessoas, enquanto trabalham com foco e empenho.

Powered by Rock Convert

2. Prezar a segurança

A  segurança no trabalho é, também, aspecto importante para o incentivo à permanência de talentos. Aliás, a garantia de itens de segurança e conforto que evitam doenças ocupacionais é dever das organizações. A oferta de um ambiente que proporcione o bem-estar e que contribua para a saúde do funcionário é uma boa forma de valorizar o trabalho desempenhado.

Dependendo da área da empresa, como em setores de maior risco, o cuidado com a segurança também pode deixar o profissional confiante acerca do espaço fornecido para exercer suas atividades.

Com os procedimentos desse tipo em dia, o receio de executar determinadas atividades, devido aos funcionários as acharem inseguras, tende a diminuir. Por outro lado, a confiança na organização, quando ela preza a a segurança da equipe, tende a aumentar.

3. Apostar na cultura organizacional

Agora, estamos falando do conjunto de propósitos e valores que guiam as atividades da empresa e orientam as ações administrativas internas. Embora a cultura organizacional seja deixada de lado por muitas instituições, o desenvolvimento desse aspecto do negócio é indispensável para a atração e a retenção de talentos.

Isso, porque o mercado transformou as relações de trabalho, fazendo com que profissionais também sejam guiados pela identidade e pelos valores das companhias nas quais pretendem trabalhar. Promover uma cultura, portanto, é fundamental para reter colaboradores que estão alinhados com os objetivos da empresa.

4. Oferecer benefícios

O salário nem sempre é fator único que garante a permanência no negócio. Muitos colaboradores valorizam os benefícios e incentivos proporcionados pela organização, tais como plano de saúde empresarialassistência odontológica e auxílio-creche.

​A oferta de bônus, portanto, pode ser um grande diferencial e tornar a sua empresa almejada pelos trabalhadores no mercado. Não é preciso dizer como isso pode ser favorável para a retenção de talentos, não é mesmo? Afinal, quando há muitos benefícios vantajosos, dificilmente um colaborador desejará sair.

5. Investir na formação dos colaboradores

Um ambiente onde os profissionais têm a oportunidade de aprender, aprimorar a qualificação e aprofundar os seus conhecimentos é, sem dúvidas, altamente almejado pelos talentos.

Em um mercado competitivo também para os colaboradores, permanecer em uma instituição que valoriza o trabalho da equipe e investe no crescimento pessoal e profissional serve de estímulo para o trabalho e o empenho nas atividades empresariais. Por isso, é importante aplicar ações contínuas de treinamento e de desenvolvimento de colaboradores.

6. Ter um bom ambiente profissional

Além das ações práticas que a empresa pode promover para reter profissionais, há também elementos psicológicos que despertam o interesse do colaborador de contribuir cada vez mais para o crescimento da organização.

Dentre eles, estão a liberdade para a produção criativa, a comunicação eficiente entre gestores e equipes e o estímulo à inovação. Via de regra, ambientes mais flexíveis e racionais motivam o trabalhador para o ofício.

Promover políticas de retenção de talentos é fundamental para o sucesso da empresa. Afinal, é o capital humano o principal responsável por gerir e desenvolver o negócio no mercado. Quanto maior for a sua qualificação técnica e comportamental, portanto, maiores são as expectativas de resultados.

Para motivar a permanência de talentos e reduzir a rotatividade de colaboradores, entretanto, é indispensável promover ações que demonstrem valorização e respeito ao trabalho da equipe. Sendo assim, é essencial investir no aprimoramento de suas equipes e em práticas que contribuam para melhorar o ambiente organizacional, como as sugestões dadas acima.

Gostou das nossas dicas? Que tal completar a leitura e saber mais sobre o plano de saúde empresarial, um importante benefício para manter seus colaboradores? Baixe o nosso e-book e confira 6 motivos para contratar um para a sua equipe!

Powered by Rock Convert

Escreva um comentário

Share This