Satisfação dos funcionários e dedução de custos no IR são apenas algumas das vantagens.

Nos últimos anos, houve um grande aumento na procura por planos odontológicos no Brasil. De acordo com dados do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS), o segmento ultrapassou, em 2016, o número de 22 milhões de beneficiários, crescendo, mesmo durante um período de retração econômica, 2,4% em relação ao ano anterior (2015).

Desse total, 82,6%, ou quase 18 milhões de beneficiários, são de planos corporativos, contratados diretamente por empresas. Esses números são muito significativos. Afinal, eles mostram uma tendência.

Cada vez mais, empresários e departamentos de RH de empresas têm recorrido aos planos odontológicos como um benefício adicional para seus colaboradores. Mas, por que eles decidem por esse movimento, mesmo em tempos em que os recursos estão tão escassos?

Neste post, buscamos responder a estas perguntas.

As vantagens de contratar um plano odontológico

  1. É um benefício muito valorizado pelos profissionais

Os planos odontológicos, a despeito de não serem tão difundidos no Brasil quanto os planos de saúde ou a própria participação nos lucros, já figuram entre os 10 benefícios mais valorizados entre os trabalhadores brasileiros.

Em levantamento realizado pela consultoria Catho com mais de 26 mil profissionais (35,9% de grandes empresas) em todo o Brasil, os respondentes deveriam apontar quais os benefícios mais os motivam entre aqueles oferecidos pelas organizações.

O levantamento aceitou múltiplas respostas e, do total de participantes, 40,4% apontaram o plano odontológico, resultado que deixou o benefício à frente de outros, como auxílio-educação (32,3%), seguro de vida (32,1%) e previdência privada (27,8%).

Conheça todos os resultados da pesquisa realizada pela Catho

  1. Seus funcionários economizam

De fato, quando uma empresa oferece um plano odontológico, ela proporciona uma grande economia ao seu funcionário. Afinal, os tratamentos odontológicos particulares ainda têm um custo muito elevado.

Por conta disso, não é exagero dizer que o benefício acaba se convertendo em um acréscimo indireto nos salários, uma vez que os empregados passam a economizar com procedimentos de rotina e outros que estiverem incluídos no plano.

Entenda como funcionam e o que pode estar incluído nos planos odontológicos.

  1. Planos estimulam a prevenção e priorizam o acompanhamento odontológico.

Muitas pessoas, ao se verem diante da necessidade de escolher entre determinadas despesas, simplesmente cortam as visitas de rotina ao dentista por conta dos custos da consulta.

Como resultado, acabam deixando para ir ao consultório apenas em caso de dores ou em uma emergência. Quando isso ocorre, os tratamentos são muito mais caros, além de demandarem mais tempo do paciente.

Powered by Rock Convert

Como consequência, podem ocorrer atrasos, faltas, e, em casos mais graves, até o afastamento do empregado.

Com o plano odontológico, essa escolha simplesmente não existe. O beneficiário e seus dependentes passam a contar com a possibilidade de realizar visitas de rotina sem desembolso, e de escolher um dentista credenciado.

Esta facilidade, evidentemente, estimula as consultas regulares ao dentista para profilaxia, revisões e orientações sobre higiene bucal, o que tende a evitar ou diminuir a ocorrência de novos problemas de saúde bucal.

  1. Planos odontológicos têm um excelente custo x benefício

A prevenção em odontologia costumar dar resultados ainda melhores e mais previsíveis que na área médica. Por isso, a tendência é que a utilização do plano se mantenha estável ao longo da vida do beneficiário, podendo até cair.

Essa previsibilidade, junto a outros fatores, contribui para que as mensalidades dos planos odontológicos sejam muito acessíveis para empresas de todos os tamanhos.

Além disso, a regulação de tais planos é relativamente flexível, o que dá margem para que empresas maiores, com mais beneficiários, consigam mensalidades ainda mais em conta.

  1. Sua empresa ainda pode deduzir as despesas no imposto de renda

As despesas com a contratação de um plano odontológico podem ser deduzidas do Imposto de Renda da empresa. Assim como vale-refeição, auxílio-farmácia e plano de saúde, o plano odontológico também poderá ser abatido do IR a ser pago pela empresa.

Plano Odontológico Goldental

A Golden Cross possui um plano odontológico corporativo completo e flexível, o Goldental, que oferece uma ampla rede credenciada, condições especiais de reembolso e muito mais.

São 10 tipos de planos para seus funcionários, desde o básico, que cobre o rol mínimo obrigatório, até planos com diversos procedimentos adicionais.

Conheça os diferenciais dos planos odontológicos Goldental:

  • Sem necessidade de perícia.
  • Cobertura em 24 horas para Urgência/Emergência.
  • Cobertura nacional.

Se quiser fazer uma cotação ou saber mais sobre o Goldental, clique aqui

Saiba mais

Revista Exame

Portal G1

Portal e-konomista

Powered by Rock Convert

Escreva um comentário

Share This