Periodontite: o que é, causas, sinais e como tratar

5 minutos para ler

Tão importante quanto manter a boa limpeza dental é dar a devida atenção à gengiva. Os cuidados com esse tecido fazem parte da manutenção da saúde bucal, evitando complicações como a gengivite — uma inflamação que, quando não tratada de modo correto, pode causar a periodontite.

Essa doença se caracteriza por uma inflamação gengival que não se limita à gengiva, atingindo, também, os tecidos de suporte. Boas práticas de higiene bucal e visitas regulares ao dentista podem diminuir a chance do desenvolvimento do problema.

Se você deseja saber as principais informações sobre periodontite, não perca o nosso post!

O que é periodontite?

Agravamento da gengivite, a periodontite é uma infecção bacteriana que atinge os ossos, ligamentos e tecidos que sustentam e envolvem os dentes, também conhecidos como periodonto. Uma vez detectada, ela é irreversível e pode provocar a perda permanente dos dentes.

De maneira geral, o problema acontece quando o tártaro e a placa bacteriana se acumulam na base dos dentes, provocando inflamações entre eles e a gengiva. Caso um especialista não seja consultado, é provável que ocorra a destruição dos ossos e tecidos que cercam a arcada dentária.

Existem três tipos de periodontite:

  • ulcerativa: tem ação comprometedora e rápida. As causas incluem bactérias virulentas provocadas pelo HIV, ingestão excessiva de álcool e fumo;
  • agressiva: tem maior incidência entre jovens e adolescentes, mas é mais rara. Atinge o osso que fixa os dentes no sentido vertical. As causas são bacterianas ou hereditárias;
  • crônica: é mais recorrente em adultos e evolui de modo gradual, afetando o osso que fixa os dentes no sentido horizontal. Nesse caso, pode atingir um ou vários dentes.

Quais as causas dessa doença?

De maneira geral, as causas da periodontite estão relacionadas à formação de placa bacteriana, uma substância de coloração amarelada e esbranquiçada que se adere aos dentes. 

Caso a pessoa tenha uma boa higiene bucal, essa placa pode ser eliminada com muita facilidade. No entanto, uma má higiene resulta em doenças bucais e tártaro, que somente o dentista pode eliminar, por meio de limpeza dentária profissional. Se o paciente não recorre ao tratamento, as gengivas se tornam inflamadas, provocando sangramentos.

Powered by Rock Convert

Mas o que produz o acúmulo de placa bacteriana nos dentes, que dá origem à periodontite? Alguns exemplos são:

  • xerostomia;
  • predisposição genética;
  • alterações hormonais;
  • diabetes;
  • tabaco;
  • baixa imunidade;
  • problemas dentários.

Que sintomas se manifestam?

Na maior parte dos casos, a periodontite não causa sintomas. Assim, a pessoa não percebe o quadro inicial. Por isso, é fundamental manter consultas regulares com o dentista de 6 em 6 meses, pois ele conseguirá identificar o problema e agir de modo preventivo.

No entanto, quando os sintomas aparecem, eles lembram bastante os da gengivite. Assim, você deve ficar atento a:

  • gengivas sensíveis ao toque;
  • dor na gengiva;
  • alterações na posição dos dentes;
  • pus entre a gengiva e o dente;
  • gengiva retraída;
  • sangramento gengival durante a escovação;
  • mau hálito;
  • dentes soltos;
  • gengiva com aspecto avermelhado.

Como é feito o tratamento?

O tratamento para a periodontite varia de acordo com o grau da doença, podendo ser realizado por meio de cirurgia ou de técnicas menos invasivas. Além disso, como o problema surge em decorrência da má higiene bucal, que permite o crescimento de bactérias e tártaro, a boa escovação e o uso de fio dental devem fazer parte do dia a dia.

Confira, a seguir, algumas opções disponíveis para tratar a periodontite.

De que maneira é possível prevenir a periodontite?

A regra básica de prevenção é consultar um dentista regularmente. O profissional é apto para identificar uma eventual gengivite no começo, antes que evolua para a periodontite. Além disso, é importante manter uma boa higiene bucal. O uso de fio dental e escova de dente após as refeições impede que as bactérias se fixem na gengiva.

Abaixo, veja outras formas de prevenção:

  • manter uma alimentação saudável: a nutrição adequada auxilia a combater várias infecções;
  • parar de fumar: o tabagismo é um fator de risco para a periodontite. Por isso, largar o cigarro aumenta a chance de sucesso de alguns tratamentos contra a doença;
  • evitar ranger os dentes: ao colocar força excessiva sobre a gengiva, há um aumento da taxa de tecidos destruídos.

Agora que você já sabe o que é e quais são as causas da periodontite, lembre-se de manter uma boa higiene bucal, com o uso de fio dental, boa escovação e alimentação saudável. Além disso, consulte um dentista, para que ele possa avaliar a situação e indicar o melhor tratamento para você.

Gostou deste conteúdo? Então, assine a nossa newsletter e receba novidades diretamente em seu e-mail!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário