A odontopediatria é, como o próprio nome já indica, uma especialidade odontológica focada no atendimento de crianças de diversas idades. No entanto, a saúde bucal dos pequenos não é uma responsabilidade exclusiva do dentista: a família tem importante participação do processo de estabelecimento de hábitos saudáveis e cuidados periódicos.

Dito isso, é inegável a importância de um acompanhamento odontológico precoce. Esse cuidado favorece a prevenção de inúmeras doenças e garante um desenvolvimento muito mais saudável não só dos dentes, mas de toda a parte óssea do rosto da criançada. Inclusive, evita problemas mastigatórios no futuro, além de uma série de outros distúrbios.

Mas afinal, quais são as principais características da odontopediatria? Quais são suas funções no trato da saúde bucal das crianças e como os pais (e toda a família) podem participar desse processo? Pensando nessas dúvidas, preparamos um artigo completinho sobre o tema. Boa leitura!

nível de cuidado com a saúde bucalPowered by Rock Convert

O que é a odontopediatria?

Odontopediatria é o nome dado à especialidade odontológica que atende crianças. O profissional da área é capacitado para lidar especificamente com a prevenção, tratamento e diagnóstico de problemas que atingem o público infantil.

De modo geral, os problemas bucais podem ser relacionados à idade. As crianças, por exemplo, estão passando por uma série de mudanças em seus organismos, como o crescimento ósseo em velocidade muito alta.

O manejo inadequado dos dentes nessa etapa, associado à queda dos dentes de leite e também à erupção dos fixos, leva a problemas estruturais que posteriormente podem afetar a mastigação e a qualidade de vida das crianças.

Quando deve ocorrer a primeira consulta odontológica?

Não há uma data exata para levar as crianças para a primeira consulta com um odontopediatra. O recomendado, no entanto, é que isso seja feito o quanto antes. Caso seu filho tenha mais de 1 ano de idade, por exemplo, o acompanhamento é essencial.

No entanto, é possível (e recomendado) levá-los bem antes. Não há, inclusive, a necessidade de esperar a erupção dos primeiros dentinhos. Crianças recém-nascidas também podem se beneficiar desse atendimento, já que os cuidados bucais com os bebês são extremamente importantes para garantir uma erupção dentária saudável.

A prevenção é sempre o melhor caminho para se lidar com a saúde. Por isso, os pais também participarão das consultas para aprender a lidar adequadamente com os cuidados bucais da criançada.

O que acontece na primeira consulta de uma criança?

A primeira consulta de uma criança é o momento em que o dentista responsável pelos seus cuidados passa a conhecer melhor o paciente e toda sua família. Nesse processo, ocorre um bate-papo no estilo de entrevista, em que são discutidos os principais pontos do dia a dia da criança e de seus responsáveis.

Um ponto muito importante da conversa diz respeito aos hábitos alimentares, a fim de identificar medidas inadequadas e torná-las mais eficazes para aquela faixa etária. Além disso, ocorre uma examinação completa da cavidade oral da criança, momento em que são identificados possíveis problemas e é estabelecido um plano de tratamento.

No caso de bebês, os pais são instruídos sobre os melhores métodos de prevenção de doenças e quais são os cuidados essenciais com a gengiva e a boquinha de seus filhos. Além disso, a mãe pode receber explicações sobre o melhor modo de amamentar o bebê de maneira eficiente para ambos, garantindo que a dentição não seja prejudicada.

Powered by Rock Convert

Qual é a importância de consultas com um odontopediatra?

Agora que já conhecemos os principais aspectos das consultas com um odontopediatra, é necessário saber a importância desse hábito para a vida das crianças. Vamos lá?

Explicação de hábitos e cuidados específicos

Ninguém nasce sabendo, não é mesmo? Por isso, aprender mais sobre os cuidados bucais é fundamental para que a saúde dessa região seja garantida e também para que ocorra uma prevenção eficiente.

Nas consultas com um odontopediatra, um dos principais focos (além do exame clínico e tratamento das doenças e alterações existentes) é explicar aos familiares (e às crianças, quando em idade suficiente) a cuidar da saúde bucal, explicando os passos necessários de modo claro e objetivo.

Prevenção de doenças e problemas de saúde

Saber cuidar bem da saúde dos dentes e da boca ajuda bastante a prevenir a maior parte das doenças existentes, já que uma das causas mais comuns para esses problemas é a falta de higiene e atenção periódica para a região.

Por isso, hábitos de higiene devem ser estimulados desde a mais tenra idade. Eles são, portanto, total responsabilidade dos familiares da criança até que ela possa cuidar sozinha de sua higiene bucal.

Redução e prevenção da odontofobia

Você provavelmente conhece alguém que tem um grande medo de dentistas, não é? Esse problema é muito comum e normalmente está associado a experiências traumáticas durante a infância e também às histórias que outras pessoas contam sobre esses casos.

Levar as crianças desde cedo ao dentista faz com que elas percebam que não há nada a temer, especialmente em locais que são focados no atendimento humanizado. Além disso, consultas periódicas reduzem os riscos de problemas na boca, o que faz com que procedimentos potencialmente dolorosos sejam evitados.

Como os pais podem participar e favorecer a saúde bucal infantil?

Por fim, chegou o momento de conversarmos sobre o papel dos pais (e de toda a família, em suas mais diversas configurações) na hora de desenvolver bons cuidados para a saúde bucal dos pequenos.

O primeiro deles diz respeito, como já conversamos, à manutenção e incentivo de bons hábitos de higiene, mesmo antes da erupção dos primeiros dentinhos. Esses cuidados incluem também a erupção dos dentes de leite, que demandam uma atenção extra.

Além disso, os cuidados com a alimentação são essenciais. Evitar alimentos nocivos, como os extremamente açucarados, e oferecer opções mais saudáveis é uma das melhores maneiras de evitar problemas como as cáries.

Viu como a odontopediatria é superimportante? Agora que você já conhece a relevância dessa especialidade e sabe como participar da manutenção da saúde bucal de crianças, não perca tempo e agende rapidamente uma consulta para o pequeno que convive com você! Assim, ele terá um atendimento especializado de qualidade e garantirá excelente qualidade de vida para o futuro.

Para saber ainda mais sobre os cuidados necessários com a saúde bucal da criançada, confira nosso artigo sobre a queda dos dentes de leite e saiba como lidar com essa situação!

Powered by Rock Convert

Escreva um comentário

Share This