Que a escova de dente é a companheira ideal para uma boa higienização bucal você provavelmente já sabe, certo? A dificuldade costuma surgir na hora de escolher um modelo para chamar de seu. Afinal, em meio a tantas possibilidades, qual a melhor opção para você e sua família?

Saiba desde já: a melhor escova de dente é aquela que traz ao mesmo tempo mobilidade e exatidão na hora da higienização. E por mais que suas características possam variar, dependendo da faixa etária de quem usa a escova, alguns quesitos se mantêm firmes. Curioso para saber quais são?

Confira a partir de agora as dicas valiosas que preparamos para ajudá-lo a escolher a melhor escova de dente para você e sua família!

Como escolher a escova de dente perfeita?

Entre as muitas facilidades que a modernidade trouxe, uma definitivamente foi a variedade de equipamentos odontológicos disponíveis para ajudar na higienização diária. Pode reparar: hoje em dia, não faltam opções. Aliás, muito pelo contrário, até sobra!

Nesse oceano de possibilidades, a escolha da escova de dente chega a ser um pouco confusa. Cerdas duras ou macias? Cabeça grande ou pequena? Com limpador de língua ou não? Pois confira agora as características ideais que sua escova deve ter para proporcionar a melhor escovação!

Cabeça pequena

O tamanho da cabeça da escova é determinante para conseguir melhores resultados durante a higienização. Então entenda: por mais que uma cabeça grande possa parecer a melhor escolha, por aparentar ter um maior número de cerdas, a verdade é que quanto maior é o tamanho, mais limitada fica a escovação.

Nesse sentido, portanto, uma cabeça pequena é a escolha mais sensata, já que permite um alcance maior, por todos os espaços da boca. Além disso, não necessariamente uma escova de cabeça maior apresenta mais cerdas que uma de cabeça menor, viu? Afinal, a área menor pode ser compensada com cerdas mais finas.

Cerdas ultramacias

Você por acaso já ouviu falar que escovas com cerdas mais duras são melhores para a escovação? Pois saiba que essa história não passa de um mito! Na realidade, cerdas muito rígidas são prejudiciais aos dentes e à gengiva, com sua dureza desgastando o esmalte dentário, além de poder causar retração gengival. Melhor optar por cerdas macias ou ultramacias para não machucar a boca e conseguir uma ótima escovação!

Cabo firme

Seja qual for sua idade, é bom que a escova tenha um cabo de pegada firme. Ele pode ter detalhes emborrachados ou um formato geométrico, desde que permita uma boa adesão da mão. Isso é importante para a mão não escorregar durante a escovação.

Limpador de língua

As escovas podem ou não ter um limpador de língua. No entanto, por mais que esse não seja um item obrigatório, é melhor que exista. Escolheu uma escova que sem o limpador? Então uma boa opção é escovar também a língua! Dessa forma, você consegue evitar o mau hálito, entre outros problemas.

Qual é o modelo ideal para sua família?

As características que apresentamos até aqui valem para a escolha das escovas de quaisquer pessoas da família. Contudo, ainda é preciso levar em conta que cada faixa etária pede algumas características especiais. Veja em que você deve prestar atenção!

Crianças

A partir dos 4 anos de idade, você já pode deixar a criança escovar os dentes sozinha, desde que sob supervisão. Para os pequenos, o ideal é que a escova seja do tamanho adequado para sua idade.

É bom que também seja chamativa, colorida, com desenhos de personagens, para que a criança crie uma imagem positiva desse momento, desenvolvendo o hábito de escovar os dentes mais facilmente. Que tal deixar que os pequenos escolham suas próprias escovas?

Jovens e adultos

Para jovens e adultos, não há nenhuma recomendação a mais, além das elencadas anteriormente. Ainda assim, como os tratamentos ortodônticos são comuns nesse período, pode ser necessário o uso de outros tipos de escovas, como a unitufo e a interdental. A ideia é tornar sua higienização ainda mais completa com o uso desses modelos específicos para quem usa aparelhos ortodônticos.

Idosos

Para os idosos, pode ser interessante optar pelas escovas elétricas. Como a mobilidade já pode estar prejudicada nesse período, o modelo elétrico pode ajudar bastante, já que faz o trabalho pesado por conta própria, sem ser necessário muito esforço por parte do idoso.

Se mesmo assim você ficar na dúvida, não hesite em pedir ajuda para seu dentista! Esse profissional é a melhor pessoa para ajudar nessa escolha, podendo indicar os modelos de escova perfeitos para suas necessidades.

Como saber quando é hora de trocar de escova?

A regra geral diz que devemos trocar de escova de dente a cada 2 meses. Esse é um período médio calculado sobre o tempo que as escovas costumam continuar funcionais. Na prática, porém, não costuma ser fácil calcular esse tempo, porque para isso você teria que lembrar da data em que começou a usar a escova. Será que existe um método mais fácil?

O mais importante é ficar atento aos aspectos físicos que podem indicar que já está na hora de substituir sua escova. No caso, as cerdas desordenadas são o principal sinal. Sabe quando a escova parece que tomou um choque? Quando ela está toda arrepiada, com cerdas apontando para todos os lados? Esse é um sinal inconfundível de que está na hora da troca.

Atualmente, muitas escovas já vêm com medidores de desgaste — aquela faixa de cerdas com cor diferente das demais. Já reparou como, com o tempo, a cor dessa faixa vai sumindo? Pois aí está o sinal de que chegou a hora de fazer a substituição.

Além disso, é preciso ficar atento a mais um detalhe que pode encurtar o intervalo de troca da escova: doenças. Se você ficou gripado, por exemplo, é recomendável que troque de escova assim que melhorar. Isso porque o vírus da doença é transmitido pela saliva, podendo estar presente na sua antiga escova. Melhor se prevenir, não concorda?

Como você pôde perceber, a escolha da melhor escova de dente para sua família depende sim da faixa etária de cada um, mas algumas características valem para todo mundo — como a cabeça pequena, as cerdas ultramacias e o cabo firme.

E agora que você já conhece as principais dicas para escolher a melhor escova de dente para seu caso, ajude outras pessoas a descobrirem também! Compartilhe este post nas redes sociais para que seus amigos possam aprender também!

Escreva um comentário

Share This