Implante dentário: saiba o que você precisa saber sobre isto!

6 minutos para ler

Os dentes desempenham um papel indispensável na mastigação, fala e estética. Desse modo, a perda de um único elemento dentário é capaz de trazer inúmeros prejuízos à saúde e à autoestima.

Felizmente, já existem tratamentos que visam substituir os dentes perdidos. Hoje, o implante dentário é considerado a opção mais moderna para resolver esses casos. Quer saber como funcionam os implantes? Então, continue a leitura deste post!

O que é um implante dentário?

O implante dentário consiste em um pino, fabricado em titânio, que serve para substituir a raiz de dentes perdidos e dar suporte a uma prótese, restabelecendo a parte funcional e estética dos dentes. Esse dispositivo é instalado a partir de uma cirurgia no osso maxilar, localizado abaixo do tecido gengival.

Quando bem-feito, proporciona resultados bastante satisfatórios, como funcionalidade e um sorriso bonito e natural, sem desconfortos.

Quais são os tipos de implante dentário?

A Odontologia evoluiu muito nas últimas décadas, o que permite o oferecimento de inúmeras alternativas aos pacientes. A seguir, mostraremos os principais tipos de implante que podem ser realizados, dependendo do caso a ser tratado. Veja!

Implante unitário

O implante unitário é um dos tipos mais comuns. Trata-se de uma alternativa indicada quando há perda de apenas um elemento dentário ou poucos dentes, porém, que não estejam lado a lado.

Com o pino já fixado, confecciona-se um dente de porcelana para substituir aquele que foi perdido. Vale lembrar que quanto antes o procedimento for feito, menores as chances de ocorrer o comprometimento ósseo, o qual dificulta a instalação do implante.

Implante duplo

Utilizado para compensar a perda de três dentes em sequência. São fixados dois pinos, mas é possível preencher todos os espaços. Nesse caso, deve-se fazer uma avaliação da estrutura óssea do paciente a fim de saber se o osso maxilar suportará os implantes.

Implante com prótese protocolo

Esse tipo de implante é indicado quando houve perda de todos os dentes. Assim, o profissional faz a instalação de quatro a oito pinos, visando colocar uma prótese fixa total, ou seja, com todos os elementos dentários que foram perdidos.

Implante com prótese overdenture

O implante com prótese overdenture se caracteriza pela colocação de dois a seis pinos, seguida pela instalação de uma prótese dentária fixa.

A principal diferença entre esse tipo de implante e a prótese protocolo está na possibilidade de retirar a prótese para realizar a higienização da peça. Essa opção é bastante interessante aos pacientes que já usam dentadura, mas não se sentem totalmente confortáveis.

Como funciona a consulta de avaliação?

A consulta inicial tem o objetivo de identificar se o implante dentário realmente é a melhor opção e analisar qual dos tipos resolverá o problema. O paciente deve tirar todas as suas dúvidas sobre o procedimento e relatar suas expectativas de resultado.

De que forma é feita a preparação?

Antes de realizar a cirurgia, o dentista pedirá alguns exames como radiografia e tomografia para estudar melhor as condições da arcada dentária e da estrutura óssea. O profissional pode solicitar também um hemograma, a fim de averiguar a saúde geral do paciente e garantir sua segurança na colocação dos implantes.

Se for constatado que o osso não suportará o implante, pode-se recorrer ao enxerto ósseo, com material sintético.

Powered by Rock Convert

Quais são as etapas do implante?

Fique por dentro das etapas que fazem parte de um plano de tratamento com implantes!

Diagnóstico

A primeira etapa é o diagnóstico da necessidade de implantes, que ocorre durante a consulta com o implantodontista. O profissional analisa fatores como a quantidade de dentes perdidos, o tempo de perda, a saúde do tecido periodontal, entre outros.

Colocação do pino

A cirurgia ocorre em consultório, com uso de anestesia local. Para colocação do pino no osso, é feito um corte na gengiva. Após a instalação do implante, protege-se o local e são dados alguns pontos.

Reabertura

Após três a seis meses, quando já ocorreu a osseointegração, reabre-se a região que o pino foi colocado para posteriormente encaixar a prótese.

Colocação da prótese

A prótese é confeccionada em laboratório na cor de preferência do paciente. Após finalizada, será fixada no implante. Para conclusão dessa etapa, a gengiva deve estar saudável e bem cicatrizada.

Acompanhamento

Mesmo após a finalização do tratamento, o paciente deve continuar fazendo visitas regulares ao dentista, tendo por objetivo saber se está tudo certo com a saúde bucal.

Que cuidados devem ser tomados?

Confira alguns cuidados indispensáveis para um pós-operatório tranquilo!

Evite alimentos quentes

Nos primeiros dias depois da cirurgia, é necessário o consumo de alimentos mais frios, visto que altas temperaturas estimulam a vasodilatação e podem causar sangramento.

Tenha cuidado ao dormir

Na hora de descansar, mantenha o travesseiro em posição mais alta, para que a cabeça fique um pouco elevada. Esse cuidado diminui a circulação sanguínea e evita que a região operada sangre.

Mantenha a higiene bucal

Após a colocação do implante, a manutenção de bons hábitos de higiene bucal também é um fator decisivo no processo de cicatrização. Isso porque negligenciar etapas simples como a escovação e uso do fio dental pode provocar infecção e resultar em complicações.

Siga as recomendações do dentista

O profissional responsável pelo tratamento prescreverá alguns medicamentos, como anti-inflamatório, analgésico e antibiótico, que devem ser tomados nas dosagens e nos horários recomendados.

Cumprir o que foi pedido é fundamental, pois esses remédios evitarão dores e possibilitam uma recuperação mais rápida. Em caso de dúvida ou qualquer reação inesperada, o ideal é entrar em contato com o dentista e jamais tomar decisões por conta própria.

Suspenda o consumo de bebidas alcoólicas

A ingestão de bebidas alcoólicas deve ser suspensa até que o período de recuperação seja finalizado. O álcool, além de reduzir o efeito das medicações, oferece riscos de sangramentos, infecções e aumento do inchaço.

Perceba, então, que o implante dentário deve ser considerado um investimento. Além de restabelecer a saúde bucal e a função mastigatória, proporciona melhora significativa na qualidade de vida. Portanto, se você perdeu um ou mais dentes, procure um cirurgião-dentista e converse sobre as possibilidades de tratamento com implantes.

Então, gostou deste post? Que tal receber outros conteúdos relevantes diretamente no seu e-mail? Para isso, assine nossa newsletter agora mesmo!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário