Fatores psicossociais no trabalho: por que contribuir para a saúde do colaborador?

6 minutos para ler
Novos cenários causados pela COVID-19: quais os impactos para as empresas?Powered by Rock Convert

Alguma vez você já parou para pensar a respeito dos fatores psicossociais no trabalho? Apesar de o nome não ser muito popular, eles são bastante conhecidos tanto entre os colaboradores como entre os gestores, uma vez que afetam diretamente a qualidade de vida e o bem-estar do trabalhador e, consequentemente, influenciam a produtividade da empresa e seus resultados. 

Por isso, o sucesso de um negócio depende muito da atenção a esses aspectos, a fim de contribuir para a saúde da equipe, de modo que ela tenha um melhor desempenho. A boa notícia é que não é difícil dar a devida atenção a esses aspectos

Para isso, basta proporcionar aos seus colaboradores um ambiente de trabalho mais agradável, a fim de que tenham saúde física e mental. Continue lendo para saber mais sobre esse assunto.

O que são fatores psicossociais no trabalho?

Os fatores psicossociais no trabalho são todos aqueles aspectos que definem como se dá a interação entre o profissional e o local onde ele trabalha. Envolvem o espaço em si, seus colegas, líderes e diretores.

Esses fatores têm um impacto direto no psicológico do trabalhador e se relacionam com sua saúde mental e, em muitos casos, também a saúde física. Alguns que podemos apontar são:

  • índice de estresse;
  • cobranças e exigências;
  • suporte dos colegas;
  • apoio da chefia;
  • processo comunicativo;
  • grau de autonomia;
  • falta de reconhecimento;
  • conciliação entre vida pessoal e trabalho.

Sendo assim, tudo aquilo que se refere às relações entre pessoas no ambiente de trabalho, o modo como é feita a gestão de pessoas na empresa, como as tarefas são realizadas, a intensidade e o ritmo laboral afeta, de alguma forma, o profissional.

Quando esses fatores psicossociais se evidenciam, eles geram sobrecarga mental, ansiedade e outros impactos negativos para o trabalhador. Como consequência, isso se reflete na empresa, trazendo perdas para ela.

Por que contribuir para a saúde do colaborador?

É muito importante não nos esquecermos de que o cuidado com asaúde do colaborador não é umbenefício de que apenas ele desfruta. Afinal, é preciso que todas as peças dentro da empresa funcionem adequadamente para que ela mantenha sua produtividade e competitividade.

Por isso, uma das suas preocupações também precisa ser com os fatores psicossociais no trabalho, para que eles não interfiram no bem-estar da sua equipe. Afinal, isso acarreta prejuízos significativos, como:

  • maior número de afastamentos;
  • insatisfação dos colaboradores;
  • menos engajamento das equipes;
  • perda de produtividade;
  • ambiente de trabalho hostil.

Perceba que todos esses impactos podem levar a prejuízosfinanceiros para a organização. Isso, porque o maior número de afastamentos provoca desfalque no quadro de colaboradores e, em alguns casos, requercontratações provisórias.

Trabalhadores insatisfeitos e menos engajados não desempenham as suas tarefas com todo o potencial que poderiam exercer. Por isso, produzem menos — e a empresa também, de um modo geral. Assim, ela pode não conseguir cumprir os seus prazos e metas, faltando com seus compromissos.

Powered by Rock Convert

Mas não termina por aí, porque os fatores psicossociais no trabalho colocam o próprio colaborador em risco. Nesse caso, os prejuízos maiores seriam para os aspectos psicológicos e emocionais, como a sobrecarga mental, o estresse, a ansiedade e possíveis casos de depressão.

Como a saúde mental está ameaçada, a integridade física do trabalhador também pode ser afetada. Isso, porque todo esse cansaço desencadeia falta de atenção e desmotivação, que levam à imprudência, que, por sua vez, pode resultar em acidentes.

Como evitar os fatores psicossociais no trabalho?

Evitar os fatores psicossociais no trabalho não é difícil, porque você apenas precisa proporcionar um ambiente de trabalho mais saudável para os seus colaboradores. Para isso, é importante rever o modo como é feita a gestão da empresa e das pessoas, além daquilo que é feito para garantir o bem-estar e a saúde dos colaboradores.

A seguir, listamos algumas medidas que você pode colocar em prática para evitar esse tipo de impacto negativo em sua equipe e negócio. Veja!

Desenvolva políticas de gestão

As políticas de gestão influenciam os fatores psicossociais porque definem de que maneira os processos e tarefas ocorrerão dentro da empresa. Sendo assim, uma das maneiras de você evitar prejuízos é adotar métodos menos burocráticos e mais otimizados para gerar menos pressão e estresse aos profissionais.

Cuide do clima organizacional

Concordamos que uma empresa precisa de resultados, mas é possível incentivar o trabalho sem cobranças negativas; afinal, isso prejudica oclima da organização. Portanto, evite ser o chefe que exige para se tornar o líder que conduz. Também incentive a boa convivência entre as equipes, para que não haja competição, mas colaboração.

Capacite suas equipes

Para ter um bom desempenho e produtividade, é importante que os profissionais estejam bem capacitados. Cabe à empresa dar esse tipo de treinamento para eles, a fim de que aprimorem cada vez mais suas competências e habilidades. Portanto, ofereça aos seus colaboradores conhecimento para que atuem melhor e estejam satisfeitos.

Dê feedbacks positivos

Alguns líderes e gestores têm o costume de se voltar para seus colaboradores apenas quando não estão satisfeitos com algo. Porém, é preciso que você adquira o hábito de dar feedbacks positivos e reconhecer quando um profissional ou equipe atinge metas com sucesso. Assim, todos percebem que o seu trabalho é reconhecido e se empenham mais.

Ofereça benefícios

A oferta de benefícios comoplano de saúde, odontológico, vale-cultura e vale-refeição é uma excelente alternativa para aumentar a satisfação dos colaboradores. Eles recebem uma recompensa a mais pelos seus esforços, o que faz com que se sintam valorizados e bem-cuidados pela organização em que trabalham.

Você apenas precisa ter cuidado na hora decontratar o plano de saúde ou aderir a qualquer outro programa de benefícios, de modo a escolher aquele que esteja adequado aos interesses da sua equipe. Do contrário, na verdade, eles podem ficar insatisfeitos, porque aquilo não tem muita serventia ou não atende a suas expectativas.

Lembre-se de que os fatores psicossociais no trabalho podem estar presentes em qualquer empresa, independentemente do seu porte. Portanto, faça uma análise de como vem conduzindo as políticas do seu negócio e cuide um pouco mais da saúde dos seus colaboradores, para que isso resulte em ganhos para todos.

Já que estamos falando sobre cuidados com os funcionários, confira este outro artigo que mostraa importância de pensar na saúde bucal deles!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário