Muitas vezes, as pessoas deixam de pensar em ter um plano odontológico porque não têm um histórico de problemas que resultem em consultas mais onerosas para seu orçamento. Mas esse pode ser um engano, pois há momentos na vida em que a visita ao dentista pode exigir um pouco mais do que aquela simples limpeza. Entre os procedimentos importantes, estão os exames odontológicos.

Nem todos são exigidos pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), responsável pela regulamentação dos planos odontológicos e de saúde. Mesmo assim, a cobertura é ampla e garante que você poderá fazer os exames mais comuns e fundamentais para balizar o trabalho do profissional que o atende — sem que isso acabe atrapalhando o seu planejamento financeiro.

Quer descobrir quais são essas análises mais importantes que devem estar previstas no seu plano para entender por que a contratação dele pode ser essencial para garantir a saúde bucal da sua família? Leia este artigo até o fim!

Quais os exames odontológicos mais importantes?

Como mencionamos, nem todos os planos oferecem todos os exames que o profissional solicita. Mas é importante que você conheça aqueles que podem ser fundamentais para ajudar nos diagnósticos do seu dentista sem interferir em seu orçamento. Essa informação poderá ajudar na escolha do melhor plano odontológico para a sua família. Veja quais são eles a partir de agora.

Levantamento radiográfico (exame periapical completo/radiodôntico)

Quando o profissional pede esse exame, significa que ele precisa visualizar a anatomia da sua dentição radiograficamente. A radiografia, então, abrange desde o término da raiz até a coroa, além das estruturas próximas, que ficam ao redor do dente. Ela serve para a análise de qualquer um dos dentes, seja na arcada superior, seja na inferior.

É um dos exames mais frequentemente pedidos pelos dentistas quando precisam de um raio-X na boca do paciente. Normalmente, ele é feito apenas em uma parte dos dentes para que sua anatomia possa ser verificada com mais detalhes.

Radiografia Interproximal — Bite-Wing

Esse tipo de radiografia é diferente do anterior porque tem a finalidade de observar o alinhamento entre as arcadas dentárias inferior e superior. Serve, basicamente, para o diagnóstico das cáries que ficam entre os dentes, pois dificilmente são diagnosticadas apenas em um exame clínico no consultório.

Powered by Rock Convert

Também pode ser pedida caso o dentista queira confirmar se um tratamento feito anteriormente foi eficiente. A radiografia tem o nome “Bite-Wing”, que significa asa de mordida, pois essa é a forma como o paciente segura na boca o dispositivo usado para tirar o raio-X. Ele revela as coroas dos dentes radiografados, facilitando a avaliação dos dentes posteriores.

Radiografia oclusal

Esse tipo de radiografia tem inúmeras recomendações. Entre elas, podemos citar o acompanhamento do nascimento e crescimento dos dentes. Serve, portanto, para verificar se há dentes inclusos, como o siso, se há dentes excedentários ou resíduos de raízes. Também pode ser usado para identificar lesões ósseas na boca.

Radiografia panorâmica de mandíbula/maxilar (ortopantomografia)

Com esse procedimento, seu dentista poderá avaliar as arcadas dentárias superior e inferior e suas estruturas adjacentes. O objetivo é fazer as análises necessárias para diagnosticar uma série de condições, entre elas:

  • se há alguma doença periodontal;
  • se os ossos dos maxilares têm algum cisto ou;
  • se há tumores relacionados a maxila ou mandíbula ;
  • se há lesões periapicais;
  • se há necessidade de um tratamento ortodôntico;
  • para analisar a erupção dos dentes definitivos;
  • para ajudar a planejar os implantes dentários;
  • para detectar a existência de dentes oclusos, como o siso;

Teste de fluxo salivar

Esse exame também pode ser chamado de sialimetria. Ele é pedido pelo odontologista para avaliar a quantidade de saliva que a sua boca produz em um determinado período. Se o profissional solicitar esse teste, ele quer avaliar se a produção é suficiente para ajudar na limpeza da boca, da gengiva e dos dentes, pois a saliva ajuda a remover os restos de alimentos e microrganismos que podem causar doenças, infecções e cáries.

Teste de PH salivar (acidez salivar)

Serve para avaliar se a saliva está com a acidez equilibrada, pois somente assim ela poderá cumprir uma de suas missões, que é a de manter a boca limpa e livre de bactérias prejudiciais à sua saúde bucal.

Como escolher o plano odontológico ideal?

Agora que você já viu como existem inúmeros exames que podem ser pedidos pelo seu dentista ao longo da sua vida, já deu para perceber que fazer um plano odontológico pode deixar a sua família mais segura em relação à saúde bucal. Para escolher o mais adequado, é importante avaliar com cuidado a credibilidade da empresa e os procedimentos e coberturas oferecidas para se certificar de que terá acesso aos mais importantes.

Uma sugestão é que você compare a lista de exames odontológicos que fornecemos neste artigo e verifique se todos eles estão incluídos no plano que pretende contratar. Além disso, avalie o custo-benefício e a rede de atendimento na região onde você mora.

Ficou interessado em oferecer mais essa garantia para a saúde da sua família? Entre em contato com a Golden Cross e conheça os nossos planos.

Powered by Rock Convert

Escreva um comentário

Share This