A dor na ATM é provocada pela disfunção de um ou mais elementos da articulação que liga a mandíbula à cabeça. O problema é mais comum do que se imagina e pode causar uma série de sintomas, que afetam a qualidade de vida de quem convive com ele.

Afinal, abrir e fechar a boca são movimentos usados repetidamente para falar, comer e até respirar. Por isso, ao sentir qualquer incômodo, dor ou estalo, é importante consultar um especialista para diagnosticar o distúrbio, que aliás pode ter várias causas.

Para dar uma ajuda, preparamos este post indicando os sintomas, as principais causas e os tratamentos mais indicados. Confira!

O que é ATM?

ATM é a abreviação do termo articulação temporomandibular, uma das mais complexas do corpo humano, que liga o maxilar ao crânio.

Localizada em ambos os lados da cabeça, essa articulação é responsável pelos movimentos mandibulares, para frente, para trás e para os lados. Superflexíveis, seus componentes permitem que possamos mastigar, morder, falar e até bocejar, por meio da combinação de ações de rotação e translação.

A ATM é composta por músculos, ligamentos, discos e ossos, e qualquer problema do funcionamento de um ou mais desses elementos é chamado de DTM — distúrbio temporomandibular.

O DTM pode causar dor na ATM, sensação de que a mandíbula é projetada para fora, estalos e travas. Segundo a Associação Dental Americana, cerca de 15% dos adultos norte-americanos sofrem de dor facial crônica, muitas vezes decorrentes de problemas na ATM.

Quais são as principais causas de dor na ATM?

A disfunção da ATM pode apresentar diversas causas, desde fatores emocionais — estresse, tensão e ansiedade — a questões físicas, como uma pancada na região ou problemas na arcada dentária.

A dor na ATM pode ser ocasionada tanto por problemas musculares quanto pelo deslocamento da própria articulação, seja no disco cartilaginoso ou mesmo no osso. Por isso, a causa exata pode ser difícil de identificar. No entanto, destacam-se entre as principais:

  • bruxismo, que é o hábito involuntário de ranger ou apertar os dentes dormindo ou durante o dia;
  • mastigação incorreta, má oclusão dentária, mordida cruzada e outros problemas;
  • trauma na região, lesões no maxilar, mandíbula, cabeça ou pescoço e até artrite;
  • problemas na arcada dentária, como dentes tortos ou perda de elementos dentários;
  • maus hábitos, como roer unhas, morder os lábios e outros.

Quais sintomas podem indicar um distúrbio na ATM?

O principal sintoma é a dor na ATM, que pode ser aguda ou crônica. Entretanto, a dor pode aparecer tardiamente, sendo importante ficar atento a outros sinais difusos, como dores de cabeça e ouvido, sensação de desencaixe ao abrir e fechar a boca, flacidez dos músculos da mandíbula, entre outros.

Dor de cabeça e na face

Embora não haja um local específico da face para o aparecimento da dor, em geral, surge próxima ao ouvido, podendo ser nas têmporas ou parte frontal da cabeça. Por ser associada ao bruxismo e frequentemente ocorre pela manhã.

Trata-se de uma dor causada pelo desgaste muscular. Porém, é constantemente confundida com a enxaqueca, por conta das pontadas.

Dor nos ombros e pescoço

Em alguns casos, a dor pode irradiar para o pescoço e ombros, em função da proximidade muscular. É menos comum, mas ocorre principalmente quando está associado a tensão e dores de cabeça.

Powered by Rock Convert

Dor e zumbido no ouvido

O problema pode se manifestar também na forma de dores de ouvido, zumbido e pressão atrás dos olhos. Esse sintoma é menos comum, mas pode ocorrer quando o problema envolve o líquido ou o disco da articulação.

Devido à proximidade entre os dentes e o ouvido, a má oclusão dentária gera um problema mandibular que se reflete no ouvido.

Incômodo e estalo ao abrir a boca

Esses são sintomas clássicos e facilmente associados ao DTM. Pode haver dor quando a pessoa abrir e fechar a boca, como ao bocejar, ou ainda um desencaixe entre a arcada superior e inferior.

Mesmo que não sinta dor, o paciente pode perceber estalos e chiados, o que torna a mordida incômoda e a mastigação desconfortável. Esse problema, geralmente, é associado a disfunções do disco de cartilagem. O desgaste ou deslocamento do disco faz com que os ossos da mandíbula e cabeça entrem em atrito, o que provocao estalo.

Maxilar travado

Nesse caso, ao abrir a boca, a cabeça da mandíbula sai da posição e não volta mais, sendo necessário que um odontologista ou outro especialista a coloque no lugar novamente.

Podem ocorrer travamentos temporários que se resolvem sozinhos e também casos em que o paciente não consegue abrir muito a boca também.

Inchaço

Apesar de pouco comum, o inchaço é característico das disfunções de ATM. É causado pela hipertrofia do músculo, sendo evidente quando  é afetado o masseter — músculo que encobre a lateral da mandíbula e as bochechas.

Pela extensão do músculo pode causar assimetria no rosto, deixando um dos lados mais quadrado. Em geral, o inchaço aparece sem motivo e está ligado a dores na mastigação ou ao abrir a boca.

Na ocorrência de alguns desses sintomas, deve-se procurar um profissional capacitado, cirurgião-dentista, ortodontista ou especialista por exemplo. O diagnóstico é feito por anamnese e exame clínico, podendo ser apoiado por exames de imagem, como radiografias e ressonância magnética.

Como é feito o tratamento do problema?

Casos crônicos, em geral, não têm cura. Porém, diversos tratamentos podem ser aplicados para aliviar os sintomas e controlar as causas. Dentre eles, podemos citar a fisioterapia, massagens para relaxar a musculatura e medidas de controle do estresse.

A escolha do tratamento está diretamente relacionada à causa do problema. Dessa forma, pode ser recomendado:

  • uso de medicamentos analgésicos, relaxantes musculares e anti-inflamatórios durante a fase aguda da dor;
  • uso de uma placa acrílica durante a noite, feita sob medida, para amenizar os efeitos do bruxismo;
  • técnicas e exercícios de relaxamento para controlar a tensão na mandíbula;
  • uso de aparelho ortodôntico para corrigir problemas de arcada e de mordida;
  • em casos raros, a cirurgia, indicada para corrigir a articulação.

Como vimos, diversos sintomas diretos e indiretos estão associados à dor na ATM. Isso ocorre porque a disfunção pode ser originada por motivos que vão do bruxismo e maus hábitos a traumas e problemas dentários. Daí a importância de identificar a causa para determinar o tratamento mais eficaz para o alívio dos sintomas.

Se você gostou do nosso post, não deixe de assinar a nossa newsletter para receber mais textos sobre saúde dental e bucal.

Powered by Rock Convert

Escreva um comentário

Share This