Por que é importante ter a documentação ortodôntica correta?

6 minutos para ler

Não há dúvida de que o cuidado com os dentes é fundamental para a saúde bucal e a qualidade de vida. A manutenção dos hábitos de higiene e a visita regular a um dentista, além de prevenir graves doenças bucais, ainda promovem um sorriso harmônico e bonito. Por outro lado, um acompanhamento eficaz da saúde oral, muitas vezes, exige a realização da documentação ortodôntica do paciente.

Trata-se de um conjunto diagnóstico fundamental para guiar o tratamento de questões dentárias pelo profissional especialista e definir a sua linha de atuação. Pensando nas frequentes dúvidas que esse tema pode despertar, elencamos para você alguns esclarecimentos sobre documentação ortodôntica, bem como a sua importância para a promoção da saúde dos dentes. Não deixe de conferir!

O que é a documentação ortodôntica?

Documentação ortodôntica, em linhas gerais, pode ser definido como o conjunto de exames e procedimentos solicitados pelo profissional da saúde bucal que auxiliam no diagnóstico dos problemas do paciente, proporcionando uma visão abrangente do seu quadro.

A documentação pode ser realizada tanto para identificar qual é o tratamento odontológico mais adequado para o cuidado com os dentes quanto para avaliar a evolução e os resultados dos procedimentos empenhados pelo profissional. 

Vale lembrar que o diagnóstico obtido por esses exames é, também, o que permite ao dentista adotar uma linha de atuação condizente com as necessidades específicas de cada cliente.

Que procedimentos estão inclusos na documentação ortodôntica?

Entre os procedimentos que podem compor a documentação ortodôntica, é possível mencionar:

Esse conjunto, que permite entender, com precisão, o quadro dentário do paciente, vale lembrar, também assume um papel legal. Isso, porque, uma vez realizado o tratamento, não seria possível atestar ou comprovar o estado bucal anterior do cliente.

Sendo assim, é também responsabilidade do dentista promover essa documentação prévia, para guardá-la com cuidado, reservando ao paciente o direito de solicitar qualquer pasta em seu nome — seja para verificar os resultados obtidos ao longo do tratamento, seja para consultar informações de seu interesse. 

Muitas vezes, inclusive, a documentação ortodôntica é o que resolve demandas judiciais, até mesmo no âmbito penal.

Por que é preciso possuir a documentação ortodôntica correta?

Como visto, a documentação ortodôntica permite um maior detalhamento acerca do quadro bucal do paciente e, como consequência, um melhor entendimento sobre ele. 

O levantamento desse diagnóstico, portanto, é obrigatório para o início do tratamento. Afinal, sem ele, não é possível mapear a estrutura da arcada dentária ou verificar qualquer outra complicação e particularidade importante para a eficácia dos procedimentos.

Como exemplo, vale mencionar a identificação de cáries não perceptíveis em uma avaliação simples, mas que, se não forem tratadas, podem causar sérios problemas à estrutura dentária. Nesse caso, se o profissional deixa de promover a documentação, além de colocar a saúde do paciente em risco, pode comprometer os bons resultados esperados.

Jovens que têm de utilizar aparelho ortodôntico, por exemplo, também precisam ter documentada a estrutura óssea interna da arcada — que é imperceptível ao dentista, mas importante para o tratamento de longo prazo. Outro benefício dos procedimentos diagnósticos é a possibilidade de planejar a intervenção do profissional, especialmente quando há vários problemas dentários a serem tratados.

Powered by Rock Convert

Quais são os riscos de não fazer essa documentação?

Tendo em vista a importância da documentação ortodôntica para o tratamento dentário, é fundamental que você busque se informar sobre o tema com um dentista e esteja sempre atento à abrangência da sua documentação. 

Assim, antes de iniciar qualquer tratamento, poderá assegurar-se de que o profissional tem, em mãos, um quadro completo sobre o seu caso e clareza do passo a passo que deve seguir para promover sua saúde bucal.

Caso contrário, há alguns riscos, como a ineficácia do tratamento. Isso, porque é justamente o conjunto diagnóstico contido na documentação que garante a objetividade da linha de atuação adotada. Afinal, uma vez que o dentista consegue identificar, com precisão, quais procedimentos devem ser feitos, ele pode, rapidamente, realizar qualquer intervenção que se mostre necessária.

E, como se sabe, quanto mais cedo se age, mais rápida é a recuperação do paciente, e menores são as chances de um problema evoluir para a forma grave. No exemplo da cárie, a não identificação dessa enfermidade nos dentes poderia comprometer a saúde do paciente a longo prazo.

Outro risco de deixar de fazer a documentação é ter um diagnóstico superficial ou equivocado, que dificultará a intervenção e, inclusive, afetará os ganhos estéticos que o cliente poderia ter. 

A falta de clareza sobre o quadro bucal ainda pode ter implicações econômicas, uma vez que a identificação precária dos problemas impede a busca por tratamentos mais eficazes, ágeis e econômicos para cada caso.

Como o plano odontológico pode auxiliar?

Não restam dúvidas da importância da documentação ortodôntica para o acompanhamento do quadro bucal por um especialista. A realização de todos os procedimentos necessários para a obtenção do diagnóstico e o tratamento posterior, no entanto, pode pesar no bolso do paciente, se feita separadamente.

Diante desse contexto, contratar plano odontológico pode auxiliar significativamente. Por meio de pagamento mensal, o beneficiário tem acesso a uma série de procedimentos e consegue cuidar da saúde bucal sem comprometer o orçamento familiar.

A Golden Cross, nesse sentido, oferece planos variados, que incluem todos os procedimentos do rol da ANS e atendem às necessidades específicas de cada cliente. Além disso, conta com uma rede referenciada por todo o país e profissionais com credibilidade no mercado.

A documentação ortodôntica é, sem dúvidas, indispensável para os cuidados com a saúde bucal. É ela que auxilia o profissional no diagnóstico correto dos problemas dentários e na proposição de soluções compatíveis com as necessidades do paciente.

É preciso, por essa razão, buscar saber mais sobre o assunto com um especialista e entender quais procedimentos deverão ser realizados para o seu caso. 

Vale lembrar, ainda, da importância de contar com o plano odontológico Golden Cross para cobrir eventuais diagnósticos e reduzir custos extras que você possa ter para conseguir a documentação ortodôntica.

Gostou do nosso conteúdo? Para saber mais sobre o assunto e verificar oportunidades de plano de saúde, entre em contato conosco agora mesmo!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário