O plano odontológico é um benefício oferecido pelas organizações e muito valorizado pelos colaboradores. Isso porque a iniciativa viabiliza o amplo acesso aos tratamentos de saúde dentária. As vantagens dessa oferta, entretanto, ultrapassam a mera satisfação coletiva.

A iniciativa é responsável por elevar a produtividade das equipes, reduzir as taxas de absenteísmo e, também, aumentar o bem-estar no ambiente de trabalho. Para usufruir de todas as benesses mencionadas, no entanto, é indispensável contratar plano odontológico que contemple as necessidades do negócio.

Pensando nisso, elencamos algumas dicas para que você saiba quais critérios avaliar antes de optar por uma agência que ofereça esse serviço aos funcionários. Não deixe de conferir!

contratar um plano de saúde para sua equipePowered by Rock Convert

Registro na Agência Nacional de Saúde

A Agência Nacional de Saúde (ANS) é o órgão regulamentador responsável pelos planos de saúde e odontológicos ofertados em toda a extensão do território brasileiro.

Vinculado ao Ministério da Saúde, essa instituição é competente para cadastrar operadoras que desejam oferecer serviços odontológicos e regulamentar a atividade, de modo a ter controle sobre o adequado atendimento aos interesses do paciente.

Dessa forma, é de extrema importância que, ao considerar a contratação de um plano odontológico, o empreendedor observe se a organização é regular na ANS. Por meio dessa informação, o gestor poderá certificar se a operadora atua em conformidade com as exigências impostas e se está apta a participar da promoção da saúde na empresa.

Cobertura e tratamentos disponíveis

Outra observação essencial a ser feita é a cobertura do plano contratado. Afinal, é somente verificando os procedimentos inclusos na proposta que a empresa conseguirá avaliar se o valor exigido é adequado ao serviço ofertado.

Portanto, para saber se vale a pena confiar na instituição, confira quais são os tratamentos que ela oferece, observando as condições exigidas para a realização de consultas, cirurgias e procedimentos específicos.

Dessa forma, você conseguirá optar pelo plano mais coerente com as necessidades do seu negócio e escolher aquele que melhor atende a equipe profissional beneficiada.

Abrangência do plano odontológico

Não somente a cobertura de procedimentos é importante, mas também a abrangência e a distribuição geográfica do plano contratado. Afinal, não é eficiente optar por um plano que não tenha cobertura na região onde seus funcionários residem e trabalham.

O ideal é que os colaboradores possam chegar tranquilamente aos estabelecimentos, de modo a realizar o tratamento dentário da melhor maneira e da forma mais prática possível.

Antes de contratar plano odontológico, portanto, observe quais regiões têm rede de atendimento e avalie, também, quais são as cidades contempladas pela cobertura.

Disponibilidade de serviços extras

É interessante, da mesma forma, pesquisar se o plano odontológico empresarial que você pretende contratar possibilita a realização de serviços extras, como documentação ortodôntica e próteses.

Algumas operadoras ofertam esses procedimentos mediante o pagamento de um valor adicional à mensalidade. Logo, saber essa informação é fundamental para comparar preços e colocar na ponta do lápis o que melhor cabe no orçamento da empresa.

Avaliações de cliente

Um método interessante para saber se o plano odontológico contratado oferece um atendimento eficiente e de qualidade é fazer pesquisas online para averiguar as avaliações e as perspectivas dos atuais usuários da operadora.

É possível, atualmente, encontrar diversos sites com comentários e notas dadas pelo consumidor.

Carência do plano odontológico

Carência significa o tempo que o usuário deve esperar para começar a usufruir do plano odontológico. Algumas operadoras estabelecem um prazo mínimo para dar início ao tratamento, que pode chegar a 180 dias para procedimentos de maior complexidade.

Verificar essa informação antes de contratar a agência, portanto, é importante para saber a partir de que momento o colaborador pode agendar consultas e realizar tratamentos preventivos.

Há instituições, entretanto, que não exigem esse tempo mínimo. Com o plano odontológico empresarial da Golden Cross, por exemplo, o colaborador pode começar a usufruir da cobertura desde o início, uma vez que a carência é zero.

Preço oferecido

Toda empresa deve fazer uma análise prévia sobre sua capacidade financeira antes de implementar políticas ou de ofertar benefícios ao colaborador. É a partir desse estudo que o orçamento pode ser estabelecido para filtrar as agências disponíveis no mercado.

No entanto, lembre-se de que a análise sobre o valor do plano odontológico empresarial deve andar lado a lado com a perspectiva de retorno financeiro e gerencial. Afinal, a saúde do colaborador interfere positivamente na própria produtividade do negócio.

Ao avaliar preços, portanto, verifique a cobertura de procedimentos, para usufruir do melhor custo-benefício, e analise os gastos projetando todos os benefícios que a organização poderá reverter ao contratar o plano empresarial. Isso permitirá uma análise mais aprofundada sobre os custos que, na verdade, são investimentos.

Contratar plano odontológico pode trazer inúmeros benefícios ao negócio, principalmente no que diz respeito à produtividade dos funcionários e à qualidade de vida no trabalho. Afinal, colaboradores saudáveis e motivados, além de produzirem mais, desempenham melhor as funções e estabelecem laços mais sólidos de solidariedade em equipe.

Para que a oferta do benefício seja satisfatória e atendas às necessidades da empresa, entretanto, é importante analisar cada aspecto da proposta da agência. Por essa razão, avaliar valores, encargos extras e cobertura do plano é fundamental para uma eficiente promoção da saúde na organização.

E então? Gostou das nossas dicas? Para saber mais sobre plano odontológico empresarial e conferir as possibilidades para o seu negócio, entre em contato com a equipe da Golden Cross!

Powered by Rock Convert
Powered by Rock Convert

Escreva um comentário

Share This