Um belo sorriso é um ótimo cartão de visitas, não é mesmo? Mas e se uma queda ou uma colisão resultam em dente quebrado, comprometendo tanto a saúde quanto a estética bucal, o que fazer?

Como o dente é uma estrutura de interior delicado, requer certos cuidados para que possa ser restaurado com sucesso.

É importante, assim, saber quais são os primeiros socorros para casos de queda ou fratura. Então fique atento ao post de hoje, pois explicaremos como agir no caso de dente quebrado até que você chegue a um consultório. Vamos lá?

O que pode levar um dente a quebrar?

São várias as condições que podem levar um dente a quebrar ou, até mesmo, a cair inteiro. Os motivos mais comuns são os traumas causados por colisões ou quedas, como em esportes em grupo, lutas, ciclismo e corrida, ou em acidentes de trânsito. Mas, na prática, até um alimento mais duro pode trincar ou fraturar um dente.

Qual o primeiro passo para lidar com um dente quebrado?

Quando constatar a fratura ou a perda do dente, procure a parte que caiu e faça a remoção das impurezas com água, deixando escorrer suavemente. Em seguida, coloque-a em um recipiente com água mineral, soro fisiológico ou leite, até cobrir, para fazer o transporte adequado.

Vale dizer que, se o dente saiu com a raiz, nunca o segure por ela, já que é uma parte muito sensível. Dessa forma, você preserva as estruturas internas e as células do dente, que são essenciais para o dentista providenciar sua reestruturação, aumentando as chances de sucesso do procedimento.

É melhor correr para o dentista ou para um hospital?

Havendo sangramento, faça um leve bochecho com água potável fria e coloque uma gaze com gelo no local do dente atingido. Isso fará o sangue estancar para que você se desloque até seu dentista ou até a emergência odontológica com mais tranquilidade.

E não se engane: mesmo que a lesão seja pequena e não haja sangramento, é importante ir ao dentista imediatamente para avaliação e acompanhamento. Afinal de contas, qualquer lacuna pode funcionar como porta de entrada para bactérias causadoras de infecções, levando posteriormente à perda do dente.

Especialmente se o sangramento for intenso e contínuo ou se o grau do trauma tiver sido maior, procure ajuda médica imediatamente, direcionando-se ao pronto-socorro por risco de hemorragia e complicações.

O que não fazer ao quebrar um dente?

Essa é uma ótima pergunta, já que, no desespero da situação ou por falta de informação, muitas pessoas acabam tomando medidas erradas e, consequentemente, comprometendo não só o dente como a saúde bucal como um todo. Veja a seguir algumas dicas do que não se deve fazer ao quebrar ou cair um dente:

  • não use panos, escovas ou outros utensílios para fazer a limpeza da parte que caiu;
  • não use produtos de limpeza ou água oxigenada sobre o dente ou parte dele;
  • não adie a procura do tratamento adequado;
  • não tente colar a parte quebrada por conta própria, pois isso traz riscos à sua saúde e dificulta o trabalho do dentista.

Achou que essas dicas parecem óbvias demais? Pois acredite: tudo isso acontece com mais frequência do que você pode imaginar.

Quais são os procedimentos odontológicos necessários?

Mesmo com todos os tratamentos modernos capazes de amenizar desconfortos nos procedimentos odontológicos, ainda é comum que as pessoas tenham medo de ir ao dentista.

Powered by Rock Convert

Por essas e outras, muitas deixam de restaurar dentes quebrados, gerando prejuízos para sua saúde bucal. Para perder esse receio, que tal se familiarizar com o tratamento profissional, conferindo os procedimentos necessários para esses casos?

Anestesia e limpeza

Você provavelmente já chegará ao consultório dentário sem sangramento, uma vez que ele costuma cessar até 10 minutos após o ocorrido. A partir daí, o dentista vai aplicar uma anestesia para evitar dores e incômodos durante o procedimento, dando início à limpeza do local do trauma.

Nesse momento, o dentista também analisará o fragmento do dente quebrado para verificar se está apropriado para o próximo passo — a colagem ou se será necessário outro tipo de procedimento. Caso não seja possível reposicionar o pedaço do dente, o profissional fará a restauração a partir de outros materiais, como a resina composta.

Radiografia

Embora externamente possa parecer que o dente não sofreu maiores danos, a radiografia é essencial para assegurar que não há trincas ou fraturas na raiz ou no osso. Afinal, essas condições podem demandar cirurgias e outros tratamentos para que não surjam problemas posteriormente.

Restauração

Com tudo pronto, chega a hora de colar e restaurar a parte quebrada do dente. Esse procedimento é bem simples e, se cuidadosamente feito, fica imperceptível.

O inconveniente é que o dente passa a não ter a mesma resistência de um dente íntegro e posteriormente pode haver um escurecimento do mesmo dependendo do trauma ou armazenamento do elemento. Deve-se ter mais cuidado ao mastigar alimentos duros e, possivelmente, até evitá-los.

Se o dente caiu por inteiro, o dentista fará sua reinserção no local. Para isso, é extremamente importante que os primeiros passos de coleta e transporte do dente sejam realizados corretamente, de acordo com o que ensinamos no tópico anterior. Caso contrário, o procedimento se torna inviável, precisando-se partir para uma prótese dentária.

Acompanhamento

Depois de feito o tratamento, é necessário acompanhar o dente para se certificar de que está tudo certo, sem infiltrações ou outros problemas relacionados.

Na inserção dentária, são feitas radiografias depois de 30 dias e até 1 ano ou mais depois do acontecido. Isso porque, nesse período, pode haver reabsorção externa das raízes, o que infelizmente é comum e pode levar à perda do dente.

Sem dúvida, ter um dente quebrado é muito inconveniente. Além de dores e incômodos, ainda tem a parte estética e, claro, o tratamento com o dentista para resolver a questão. Sabendo disso, guarde bem nossas dicas! Afinal, nunca se sabe quando uma situação dessas pode acontecer.

Por fim, vale ressaltar que a contratação de um plano odontológico é a melhor pedida para lidar com esse tipo de incidente. Dessa forma,  você tem profissionais gabaritados sempre à disposição, prontos para ajudar no que for preciso!

E se quer ficar por dentro de nossas novas publicações, siga nossos perfis nas redes sociais! Estamos no Facebook, no Twitter e no LinkedIn.

Powered by Rock Convert

Escreva um comentário

Share This