Se o sorriso é considerado o nosso melhor cartão de visitas, é claro que cuidar da saúde bucal é fundamental para manter a autoestima elevada e transmitir uma boa imagem, certo? Mas, para isso, algumas pessoas têm que lidar com um empecilho: o dente escuro. Você já passou ou está passando por esse inconveniente?

Existem vários fatores que podem levar ao escurecimento dos dentes e, para solucionar cada um deles, há procedimentos específicos que precisam ser realizados. Neste artigo, vamos mostrar quais são as principais causas e tratamentos recomendados pelos dentistas para resolver o problema. Acompanhe!

Saiba quais são as principais razões para os dentes escurecidos

Para que a identificação da origem dos dentes escuros seja feita de forma acertada, é preciso consultar um bom dentista. Inicialmente, ele efetuará uma ampla anamnese, com uma série de perguntas para identificar uma possível causa.

De forma complementar, o profissional realizará uma avaliação clínica — que muitas vezes é suficiente para constatar o que de fato deu início ao problema. Isso é feito a partir da análise do tom de escurecimento, capaz de determinar o porquê da cor dos seus dentes estar diferente.

Em casos de maior complexidade, pode ser necessário fazer alguns exames de imagem, como o radiográfico, para uma investigação mais profunda do que levou ao escurecimento dos dentes.

A seguir abordaremos as principais razões detectadas pelos dentistas em seus diagnósticos. Confira!

Escurecimento natural

A primeira causa a ser pontuada é um processo natural na vida das pessoas: a ação do tempo. Conforme envelhecemos, é normal que os dentes comecem a ficar mais escuros. Mas o fato de ser algo comum não significa que a mudança da coloração não deva ser analisada por um dentista ou que não haja como resolver o quadro.

Ocorrência de traumas

Ao sofrer um trauma facial, mesmo que os dentes não se quebrem, eles podem ficar escuros. E, no cotidiano, são várias as circunstâncias que podem levar a esse tipo de ocorrido.

Quando se trata de crianças, são frequentes as situações em que caem e batem o rosto. No caso dos adultos, os acidentes podem envolver uma colisão de carro, um tropeço ou uma queda ao praticar esportes, por exemplo.

Uso de alguns tipos de medicamentos

Você deve ter ouvido falar em medicamentos que escurecem os dentes, em especial entre as pessoas mais velhas. Há muitos anos, a tetraciclina era um tipo de antibiótico recorrentemente receitado às crianças. Contudo, ao utilizá-lo, grande parte delas acabava ficando com a dentição toda manchada.

Isso acontecia porque a substância aderia à dentina, provocando o escurecimento e até o enfraquecimento dos dentes. Com o passar do tempo, no entanto, esse efeito foi detectado e os pediatras passaram a substituir o antibiótico por outros medicamentos que não afetavam a saúde e a estética bucal.

Powered by Rock Convert

Formação de tártaro

Se mesmo após fazer a higienização dos seus dentes, ainda perceber que há uma camada mais escura, principalmente, na base da dentição, então você pode ter tártaro. Também conhecido como cálculo dental, o tártaro consiste no acúmulo de bactérias que formam uma placa endurecida em tons de marrom ou amarelo — e que só pode ser retirada em procedimentos realizados no consultório odontológico.

Problemas no tratamento de canal

Muitas vezes o dente pode ficar escuro após a realização de um tratamento endodôntico; o popular tratamento de canal. Apesar de ser um procedimento muito comum o escurecimento pode ocorrer pela ausência de vitalidade pulpar.

Descubra quais são os tratamentos mais frequentes para dentes escuros

Se você apresenta escurecimento dos dentes por qualquer uma das razões que mencionamos até agora, será preciso passar por uma avaliação com o dentista para determinar o tratamento mais adequado com base em seu caso.

Veja abaixo algumas opções de procedimentos recomendados para os quadros já abordados.

Limpeza profissional

Se o tártaro for o causador do dente escuro, o dentista poderá retirá-lo fazendo a raspagem no consultório. Os casos de tártaro subgengival, com acúmulo das placas na porção abaixo da gengiva, exigem que o profissional utilize a cureta — instrumento cirúrgico adequado para esse tipo de limpeza.

Para tratar o acúmulo de placas bacterianas supragengivais, que ficam situadas na parte aparente do dente, o procedimento é mais simples e demanda apenas o uso de extratores manuais.

Vale destacar, ainda, que para prevenção do tártaro, em ambos os casos, é necessário realizar uma escovação cuidadosa pelo menos duas vezes ao dia e o usar o fio dental diariamente.

Clareamento

Algumas técnicas de clareamento dental, também realizadas por um profissional, podem ser úteis para os dentes escurecidos. Dependendo do caso, o tratamento deverá ser feito em mais de uma consulta, clareando aos poucos o tom acinzentado dos dentes até chegar à cor mais próxima do natural possível. Porém, se o motivo for um trauma mais grave, talvez o dente volte a ficar escuro após um certo período.

Aplicação de facetas

Outra solução que recomendada pelos dentistas é a aplicação da faceta em resina. Entre as principais vantagens desse procedimento está o custo, que é bem mais baixo em relação a outros materiais — como a porcelana. Outro benefício é a aplicação rápida, podendo ser feita em apenas uma visita ao consultório. Por fim, tem-se, ainda, que o material é facilmente adaptável à forma e à cor natural dos seus dentes.

Como pôde ver, há muitas situações que podem levá-lo a se deparar com um dente escuro em sua boca. Caso enfrente esse problema, é importante procurar um dentista para fazer uma avaliação completa. O profissional terá mais condições de descobrir as origens e encontrar as melhores alternativas de tratamento para o seu quadro.

O que achou do nosso artigo? Esperamos ter esclarecido todas as suas dúvidas sobre dente escuro. Agora, que tal dividir esse conhecimento com outras pessoas? Compartilhe este post suas redes sociais para que seus amigos também fiquem por dentro do assunto!

Powered by Rock Convert

Escreva um comentário

Share This