Cuidados com dentes: um plano odontológico traz segurança para seu sorriso

7 minutos para ler

Adotar cuidados com dentes é muito mais fácil quando se tem um plano odontológico. Ele ajuda a trazer mais segurança para seu sorriso em função da facilidade de encontrar especialistas, exames e tratamentos de qualidade no momento em que precisar.

Afinal, a escovação que fazemos em casa é muito importante para manter a saúde bucal, mas ela precisa ser complementada periodicamente pelas técnicas profissionais. Essa ação em conjunta previne problemas e doenças, garantindo uma boca sempre saudável e dentes bonitos.

Pensando nisso, preparamos este artigo para explicar detalhadamente a importância de ter um plano odontológico. Continue com a leitura para conhecer os benefícios que ele traz e também os pontos que precisam de atenção na hora de escolher o seu. Acompanhe!

A saúde bucal dos brasileiros

Você sabia que os cuidados com dentes precisam começar antes mesmo de eles nascerem? O ideal é que a gestante faça o pré-natal odontológico e leve seu filho ao dentista ainda quando recém-nascido, para saber como cuidar das gengivas, dos dentes de leite que nascerão e receber outras instruções importantes.

No mais, é recomendado que, a partir de então, sejam feitas consultas odontológicas regulares a cada seis meses. No entanto, isso não é realizado pela maioria dos brasileiros.

A última PNS (Pesquisa Nacional de Saúde), publicada em 2015, apontou que apenas 44,4% dos brasileiros haviam realizado uma consulta com dentista nos últimos 12 meses. Ainda assim, cerca de 67,4% das pessoas entrevistadas julgaram a sua saúde bucal como boa ou muito boa.

Perceba que esses dados não são um tanto quanto dissonantes, afinal, para ter dentes saudáveis é preciso acompanhamento periódico com o dentista. Então, se os brasileiros não estão passando por essas consultas, como realmente podem ter uma saúde bucal muito boa?

Isso indica que a percepção dos entrevistados pode estar equivocada. Uma explicação está no fato de que é comum as pessoas esperarem sintomas se manifestarem para procurar um dentista. Assim, se se não estiverem sentindo dor, consideram que está tudo bem.

Mas nem todos os problemas bucais manifestam sintomas, como é o caso do tártaro. Ele exige atenção porque contém bactérias que não só prejudicam a boca como podem migrar para órgãos vitais (coração e pulmão), abalando a saúde em geral.

Além disso, alterações na mordida, dentes desalinhados e outros problemas ortodônticos afetam a articulação temporomandibular em médio e longo prazo, podendo dificultar a mastigação, a respiração e a fala.

Então, fica evidente que o suporte de um especialista nos cuidados com os dentes é fundamental para identificar quadros muitas vezes vistos como inofensivos pela população.

Os principais cuidados com os dentes

Para que você possa ficar livre de problemas bucais é preciso adotar diversos cuidados com dentes, começando com os procedimentos realizados em casa. Até porque, vale lembrar que a maioria das doenças que se manifestam na boca ocorre em função da proliferação de bactérias.

Elas se alimentam dos resíduos que ficam nos dentes quando não os escovamos ou realizamos uma higiene inadequada. Nesse processo, liberam ácidos que agridem as gengivas e o esmalte dentário, desencadeando cáries, mau hálito, inflamações e infecções.

Deixar de lado os cuidados com dentes traz sérios prejuízos tanto para o próprio sorriso quanto para a saúde orgânica. Listamos a seguir o que você precisa fazer para deixar seus dentes sempre saudáveis e bonitos.

Powered by Rock Convert

Escovação

A escovação deve ser feita utilizando uma escova com cerdas macias e creme dental com flúor. A frequência deve ser de, no mínimo, duas vezes por dia — sendo ideal sua realização após cada refeição para eliminar todos os resíduos de alimentos.

Uso do fio dental

Pelo menos uma vez por dia o fio dental deve ser utilizado com o intuito de remover os resíduos entre os dentes, onde a escova não consegue penetrar. Ele também precisa ser passado na linha da gengiva, porque é ali que se forma a placa bacteriana.

Alimentação equilibrada

Os dentes, bem como das gengivas e demais tecidos bucais, precisam de nutrientes. Portanto, para que mantenham saudáveis, demandam uma alimentação equilibrada. Além de um cardápio nutritivo, é essencial beber bastante para garantir o fluxo adequado de saliva e o equilíbrio da sua composição.

Abstenção de hábitos nocivos

Consumir tabaco e bebidas alcoólicas em excesso, roer as unhas e morder objetos duros são alguns exemplos de hábitos muito nocivos para a saúde bucal. O ideal é evitá-los e policiar suas próprias ações.

Consultas periódicas ao dentista

Como explicamos, consultas semestrais ao dentista são importantes para fazer a profilaxia dentária. O profissional também fará uma avaliação geral da sua saúde bucal para verificar possíveis problemas e dar instruções sobre como cuidar dos seus dentes.

Os benefícios de um plano odontológico

É verdade que podemos encontrar atendimento odontológico na rede pública de saúde, porém, é fato que costumam ser muito demorados. Existe também a opção de consultas particulares, entretanto, podem apresentar procedimentos com custos muito altos.

Sendo assim, torna-se mais vantajoso contratar um plano odontológico. Confira seus benefícios a seguir!

Várias opções de especialistas

Com o plano odontológico fica muito mais prático escolher um dentista com a especialização adequada às suas necessidades e a localização mais próxima a você.

Atendimentos de urgência

O plano também facilita que você encontre um profissional à disposição em casos de urgência. Assim, não precisará ligar para vários consultórios até achar uma vaga para ser atendido.

Facilidade de acesso aos procedimentos

Quando buscamos atendimento odontológico não precisamos apenas da consulta, mas também de exames complementares. O plano odontológico proporciona facilidade de acesso a esses procedimentos, sendo que muitos oferecem cobertura também para tratamentos estéticos, como clareamento.

Comodidade para tratar a família toda

No plano odontológico você pode incluir todos os membros da sua família. Desde o bebê até o vovô podem cuidar dos dentes, tendo os cuidados específicos de cada faixa etária. Muitas vezes é possível encontrar especialistas para todos na mesma clínica!

Os pontos de atenção ao escolher um plano odontológico

Até aqui você pôde ver que ter um plano odontológico ajuda muito nos cuidados com dentes, mas para que seja realmente vantajoso, você precisa escolhê-lo muito bem. Existem diversas opções no mercado, então, procure por uma operadora idônea e capaz de atender as necessidades da sua família.

Veja quais são os fatores deve levar em conta na busca por um plano odontológico de confiança:

  • verifique se a empresa é registrada na ANS (Agência Nacional de Saúde Suplementar);
  • consulte se o plano oferecido também é liberado pela agência;
  • analise a credibilidade da operadora no mercado;
  • observe o tempo de carência;
  • veja se a empresa oferece opções diversas de plano;
  • confira se a rede referenciada é ampla;
  • estude as coberturas e atendimentos oferecidos;
  • analise as opções de pagamento.

Seus cuidados com dentes serão muito mais eficazes tendo o suporte de um bom plano odontológico. Desse modo, você terá acesso a consultas e tratamentos sempre que necessário, sem estourar seu orçamento ou ficar em filas de espera.

Viu como o plano odontológico pode trazer mais qualidade de vida para todos da sua família? Aproveite para baixar gratuitamente nosso e-book e conferir quais são os outros cuidados que você precisa ter com a saúde bucal no dia a dia!

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário