Não são apenas os adultos que devem manter bons hábitos de higiene bucal. As crianças também precisam escovar os dentes para evitar a proliferação de bactérias que causam problemas e doenças.

Mas para que elas entendam a importância desse cuidado e como realizá-lo de forma adequada, precisam do suporte dos pais. Pensando nisso, elaboramos este conteúdo exatamente para ajudar você nessa tarefa.

Continue lendo e descubra como você pode ensinar os seus filhos a escovar os dentes do jeito certo, sem brigas, birras ou choradeira. Aprenda técnicas eficazes que vão mudar para melhor essa rotina!

Cultive o hábito desde cedo

Tudo aquilo que desejamos que uma criança faça bem feito precisa ser estimulado o mais cedo possível. Escovar os dentes é um hábito que deve ser apresentado ao pequeno o quanto antes, mesmo que ele não tenha coordenação motora para fazer isso do jeito certo.

Quando ainda bebê, acostume-o com a higienização das gengivas. E quando nascerem os dentes de leite, já inicie a escovação. Também permita que a criança brinque com uma escova enquanto você faz a sua higiene bucal, para que ela imite seus movimentos. Lembre-se de que isso deve ser monitorado para que a criança não se machuque.

Explique a importância da escovação

Quando a criança estiver um pouco mais madura, explique para ela a importância de escovar os dentes. Evite inventar histórias enganosas ou provocar medo nela. Procure ser sincero e explicar de uma forma simples por que essa higienização é necessária.

Fale a respeito de manter os dentes fortes, evitar que os “bichinhos” machuquem a boca e que a escovação garante um sorriso sempre bonito e saudável. Explique, também, que todo mundo precisa escovar os dentes; com isso, a criança entenderá que essa responsabilidade não cabe apenas a ela.

Ensine os movimentos certos

No começo, a criança não terá coordenação motora para fazer a escovação do jeito certo. Nessa fase, tenha bastante paciência e procure não recriminar o que ela estiver fazendo. Elogie e, aos poucos, ensine os movimentos corretos.

Se você não tiver certeza de como isso deve ser feito, pesquise vídeos explicativos de fontes confiáveis ou converse com o seu dentista. Aprenda para poder ensinar à criança a forma ideal de cuidar dos dentes para eliminar toda a placa bacteriana.

Torne esse momento mais descontraído

Se o ato de escovar os dentes for transmitido para a criança e cobrado dela como uma obrigação, pode haver relutância. Por isso, o ideal é que o momento da higienização bucal seja descontraído e até mesmo divertido para ela.

Você pode inventar uma música temática ou uma história que faça da escova de dente uma heroína, por exemplo. Recorrer a vídeos de personagens fazendo a higienização bucal é um excelente estímulo.

Mantenha a criança segura e confortável

É comum os pais colocarem as crianças em pé em cima do vaso sanitário, ou de cadeiras e banquinhos, para que elas alcancem a pia e possam se ver no espelho. O problema é que isso não é seguro e elas podem se sentir desconfortáveis e amedrontadas.

Para que o hábito de escovar os dentes flua naturalmente, é importante que o pequeno se sinta confortável e confiante. Com isso, ele ficará à vontade e poderá se concentrar no que está fazendo, prestando mais atenção às suas recomendações e executando os movimentos do jeito certo.

Crie uma rotina para estimular o hábito

Para que a escovação dos dentes se torne um hábito é fundamental que ela seja constante. Para isso, deve fazer parte da rotina da criança, como tomar banho e dormir.

O ideal é ter um horário certo para fazer a higienização bucal. Habitue o seu filho a escovar os dentes após as refeições, por exemplo. Estimule o pequeno a arrumar o quarto, colocar o pijama e escovar os dentes, todos os dias.

Para que isso seja mais fácil de ele aceitar e assimilar, você pode fazer uma espécie de checklist. Seja com ímãs coloridos, ou mesmo com papel, peça para que a criança cumpra cada etapa e marque aquilo que já foi feito. Ela poderá encarar isso como uma brincadeira e o hábito será fixado em seu comportamento.

Escove os dentes junto com a criança

É fato que as crianças imitam os pais, que são um modelo para elas. O ideal é que você aproveite essa tendência natural para ensinar o seu filho a escovar os dentes. Basta que você realize a higienização bucal junto com ele.

Vê-lo fazendo isso será um grande estímulo para a criança e, ao mesmo tempo, possibilitará a você acompanhar a evolução, verificando se ela está escovando do jeito certo. É um momento para vocês dois terem mais contato e estreitarem a relação, gerando confiança.

Prefira produtos específicos para crianças

Os produtos de higiene bucal para adultos podem não ser agradáveis para as crianças. No caso da pasta de dente, por exemplo, ela costuma ser um pouco mais “ardida”, e esse sabor pode fazer algumas crianças rejeitarem a escovação.

No mercado você encontra diversos produtos específicos para os pequenos, e é interessante adotá-los. Os cremes dentais infantis têm um sabor mais agradável, que tornará a escovação muito mais confortável para a criança.

Além disso, as escovas de dente também são mais coloridas e atrativas, trazem personagens e são funcionais — o cabo costuma oferecer maior firmeza para segurar, ao mesmo tempo em que a cabeça é menor e as cerdas são mais macias. Tudo isso ajuda a cativar a criança e estimulá-la a escovar os dentes.

Leve seu filho ao odontopediatra o mais cedo possível

Os cuidados com a higiene bucal das crianças em casa são fundamentais, porém, elas também precisam do acompanhamento do odontopediatra. Não se esqueça de que a atuação desse profissional complementará a rotina e fará a prevenção de problemas e doenças.

O ideal é que a criança passe pela sua primeira consulta assim que os dentes de leite começarem a nascer. Dessa maneira, ela se habituará ao profissional e ao ambiente do consultório.

Ele também ajudará a instruir a criança sobre a forma correta de escovar os dentes, bem como de usar o fio dental e proceder com outros métodos preventivos. Quanto antes você levar seu filho ao dentista, mais fácil será cultivar esse hábito e evitar que ele desenvolva o medo desse profissional.

E não se esqueça de que escovar os dentes é apenas um dos cuidados que devemos ter com a saúde bucal das crianças. Isso deve ser complementado com uma rotina saudável, especialmente em relação à alimentação, que precisa ser balanceada para assegurar aos dentes e tecidos bucais todos os nutrientes de que necessitam para se manterem fortes e menos suscetíveis a doenças.

Não se esqueça de que o suporte de um odontopediatra é fundamental para ajudar você a cuidar da saúde bucal dos seus filhos. Leia este outro artigo e entenda melhor a importância da assistência odontológica pediátrica!

Escreva um comentário

Share This