Melhores práticas para não perder tempo e evitar o excesso de consultas e exames.

No processo de manutenção da saúde, diagnóstico e tratamento, as consultas médicas são um momento muito importante, mas que nem sempre é devidamente aproveitado pelos beneficiários de planos de saúde.

Muitas pessoas perdem tempo com pequenos detalhes na hora da escolha do médico, da marcação de consultas ou até mesmo ao refazer exames de forma desnecessária.

Por outro lado, os beneficiários podem colaborar para que os encontros com o médico sejam ainda mais proveitosos. Com algumas dicas simples, é possível utilizar esse tempo de forma inteligente e organizada, colaborando para a otimização do diagnóstico e tratamento.

Neste post, veja como aproveitar melhor as suas consultas, desde o momento da escolha do médico até a realização do atendimento – e tire ainda mais proveito do seu plano de saúde.

1.    Escolha seu especialista com cuidado

O primeiro passo de qualquer beneficiário de plano de saúde é encontrar um médico que seja capaz de atender às suas necessidades.
Caso você esteja com algum sintoma específico, pode buscar no portal da sua operadora os médicos referenciados, filtrando por especialidade, cidade e até mesmo pelo bairro de sua preferência.
É cliente Golden Cross? Acesse nossa rede referenciada aqui.

Dica: com a lista em mãos, você pode recorrer à indicação de amigos, familiares ou até mesmo dos próprios profissionais de saúde que atendem sua família. Eles certamente ficarão muito satisfeitos em poder ajudar, não é mesmo?

2.    Dúvida sobre qual especialista procurar?

Se estiver na dúvida sobre a especialidade médica mais adequada para a sua necessidade, a dica é procurar um Clínico Geral.
Segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), ele pode diagnosticar até 80% dos casos, e você ainda passa a contar com um profissional que cuida da sua saúde como um todo.
E mais: quando necessário, ele pode indicar um especialista – e você não perde tempo indo a vários médicos sem necessidade.

3.    Atenção durante a marcação das consultas

Quando fizer a marcação pelo telefone, tenha sempre sua carteirinha à mão, uma vez que ela pode ser pedida pelo (a) atendente. Além disso, cheque sempre se o seu horário está realmente disponível, evitando assim remarcações sem necessidade.

4.    Antes de ir à consulta

Pode parecer óbvio, mas muita gente troca de bolsa ou carteira e acaba deixando os documentos em casa. Já imaginou se isso acontece com você? Por isso, antes de sair, não se esqueça de checar se está levando um documento de identificação e a carteirinha do plano.

5.    Leve também exames que já tem em casa

Mesmo sendo a primeira consulta, leve todos os exames mais recentes – principalmente aqueles que, porventura, tenham alguma relação com seus sintomas. Isso vai ajudar o médico a ter algum parâmetro que sirva como ponto de partida.
Além disso, você evita ter que refazer exames desnecessariamente, o que representa uma economia de tempo e até mesmo de dinheiro caso seu plano de saúde seja empresarial. Afinal, a taxa de utilização desse tipo de plano influencia no seu percentual de reajuste.

Entenda: os tipos de reajuste em planos de saúde.

6.   Sempre retorne na data marcada

Respeite sempre as datas de retorno marcadas pelo seu médico. O período correto entre uma consulta e outra pode fazer a diferença no seu tratamento. Da mesma forma, nunca deixe de levar os resultados dos exames ao seu médico.

Lembre-se ainda que você pode fazer uma nova consulta sem custo adicional por até 30 dias após a primeira. Por isso, não se sinta constrangido e não preencha novas guias. Em caso de irregularidades, informe à sua empresa.

Escreva um comentário

Share This