4 de fevereiro — Dia Mundial de Combate ao Câncer: a prevenção é a melhor forma de combate

7 minutos para ler

Você sabia que no dia 4 de fevereiro é comemorado o Dia Mundial de Combate ao Câncer? Essa é uma data muito importante porque mobiliza países ao redor de todo o globo voltando sua atenção para essa doença que faz milhões de vítimas todos os anos.

Embora tenham sido desenvolvidos diversos tratamentos contra o câncer, a melhor medida ainda é prevenção. Por isso, a data precisa ser ressaltada, a fim de trabalhar a conscientização das pessoas acerca da necessidade de cuidar da própria saúde.

Em muitos casos o câncer é causado por hábitos cultivados no dia a dia, então, uma mudança de comportamento ajuda a minimizar as chances de ter a doença, e foi pensando nisso que preparamos este artigo.

Vamos apresentar a história dessa data e os hábitos que contribuem para prevenir o câncer. Continue lendo e confira!

Conheça a história do Dia Mundial de Combate ao Câncer

O Dia Mundial de Combate ao Câncer foi iniciado pela União Internacional de Controle do Câncer (UICC), com apoio da Organização Mundial da Saúde (OMS). A data envolve países de todo mundo e foi criada por meio da Carta de Paris, em 2000.

Celebrada no dia 4 de fevereiro, essa data tem o objetivo de conscientizar e educar as pessoas sobre os diferentes tipos de câncer. São realizados eventos e campanhas visando alertar sobre a importância de adotar hábitos saudáveis para prevenir a doença, bem como de fazer o acompanhamento médico para obter um diagnóstico precoce.

Essa conscientização mundial é muito importante porque, de acordo com a OPAS, uma em cada seis mortes no mundo está relacionada ao câncer. Já foram identificados mais de 200 tipos diferentes da doença, que atinge qualquer órgão do corpo. Sendo assim, a prevenção continua sendo o melhor caminho.

Saiba como prevenir a doença

Embora o câncer seja considerado uma doença da modernidade, seus registros são muito mais antigos. O primeiro do qual se tem conhecimento está em um papiro egípcio datado do século VII antes de Cristo. No entanto, os primeiros tratamentos cirúrgicos bem-sucedidos datam do século XVIII, e a quimioterapia começou a ser desenvolvida apenas no século XX.

Hoje, existem diversas formas de tratar os diferentes tipos da doença, mas o combate ao câncer tem melhores resultados quando são adotadas medidas preventivas. Isso porque nem sempre essa doença pode ser curada.

Os tumores malignos se formam quando células sofrem alterações e se multiplicam desordenadamente. Portanto, é preciso evitar que essas mutações aconteçam, e isso é feito por meio da adoção de bons hábitos, os quais vão garantir o equilíbrio do organismo e o ambiente adequado para as células saudáveis se manterem vivas.

Quando mantemos uma alimentação desequilibrada, por exemplo, o organismo se torna mais ácido e propenso para manifestação de inflamações. Uma condição clínica como essa favorece as mutações celulares e o desenvolvimento do câncer.

Existem ainda outros fatores que podem levar ao mesmo problema, como consumo de bebidas alcoólicas, o diabetes, o tabagismo, a obesidade e a exposição a substâncias químicas ou radiação solar. Contudo, diversos desses fatores podem ser evitados, então, muitas vezes, depende do próprio indivíduo o sucesso no combate ao câncer.

Powered by Rock Convert

Confira os principais hábitos para o combate ao câncer

Ainda não existe uma vacina para combater o câncer ou um medicamento que possa ser administrado em todas as pessoas e que traga certeza total de cura. Por isso, a recomendação constante é adotar medidas preventivas.

Já que os hábitos do indivíduo influenciam sua maior ou menor suscetibilidade para desenvolver a doença, um estilo de vida saudável faz a diferença para minimizar os riscos. Veja, a seguir, como você pode cuidar melhor da sua saúde e diminuir o risco de câncer.

Prática regular de exercícios físicos

Manter o corpo em movimento é fundamental para ativar órgãos e sistemas. A prática regular de exercícios físicos contribui para o equilíbrio químico do organismo, favorece a eliminação de toxinas e controla as taxas de glicose e colesterol, fatores que aumentam as chances de formação do câncer.

Alimentação saudável

Enriqueça seu cardápio com alimentos funcionais e naturais, ricos em fibras, vitaminas e minerais. Consuma proteínas magras e gorduras boas, como o azeite extravirgem. Evite carnes processadas, gorduras saturadas, açúcar, conservantes, entre outros que aumentam os níveis de glicose, colesterol e acumulam toxinas no organismo.

Boas noites de sono

Defina um horário para ir dormir e acordar e respeite essa rotina, de modo a regular o seu relógio biológico. Um sono de qualidade é importante para o corpo realizar funções, equilibrar a produção de hormônios e o funcionamento do metabolismo. Além disso, dormir bem auxilia a saúde mental e evita o estresse.

Abstenção de hábitos nocivos

O cigarro é um dos grandes causadores de diferentes tipos de câncer, por isso é importante se abster dele. Também evite o consumo excessivo de bebidas alcoólicas, que prejudica diversos órgãos, inclusive o fígado. Quando for tomar sol, faça isso no começo do dia ou no final da tarde e sempre use o protetor solar.

Controle do peso corporal

O excesso de gordura corporal é um fator de risco, portanto, uma das medidas de combate ao câncer é manter o peso dentro de um limite saudável. Mas é válido ressaltar que não apenas a obesidade traz prejuízos para a saúde, porque se manter abaixo do peso ideal também pode gerar complicações. Então, busque o equilíbrio.

Monitoramento da saúde em geral

Existem algumas condições clínicas que são precursoras do câncer ou favorecem a manifestação dessa doença. Portanto, é preciso fazer o monitoramento da saúde por meio de consultas médicas regulares. O check-up anual é uma das formas de acompanhar as condições do organismo e agir antes que os prejuízos aconteçam.

É necessário fazer acompanhamentos específicos para prevenir o câncer de mama, próstata e útero, realizando os exames anuais. Pessoas em grupos de risco, como diabéticos, portadores de doenças autoimunes e outras, também precisam visitar o médico com frequência e controlar essas condições.

Não se esqueça, ainda, a importância de algumas vacinas para prevenir os tumores malignos: a contra o HPV, fundamental na prevenção do câncer de útero; e a administrada contra hepatite, uma vez que essa infecção pode levar ao desenvolvimento do câncer de fígado.

No Dia Mundial de Combate ao Câncer, reforçamos as recomendações para prevenir essa doença, mas, como você percebeu, as medidas precisam ser adotadas no dia a dia. Portanto, reveja seus hábitos e adote um estilo de vida mais saudável, a fim de minimizar ao máximo os riscos.

Gostou dessas informações? Siga as nossas redes sociais para acompanhar temas interessantes como esse! Estamos no Facebook, no YouTube e no LinkedIn.

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário