Categoria

Higiene

Categoria

Como identificar o bruxismo

O bruxismo se caracteriza pelo movimento de ranger, apertar e comprimir os dentes com força, mais comum durante o sono, mas que também pode ocorrer enquanto a pessoa está acordada (recebendo então o nome de bruxismo em vigília). Trata-se de uma disfunção que acomete em torno de 15% da população, sendo mais comum em crianças, podendo fazer com que os dentes fiquem doloridos e soltos. Em casos mais graves, o bruxismo ainda pode danificar seriamente os ossos, o tecido da gengiva, a articulação da mandíbula, entre outras consequências. Neste post, você vai conhecer as possíveis causas, aprender a identificar os sinais do bruxismo e entender como funciona o tratamento desta disfunção. Possíveis causas do bruxismo Apesar de ainda não existir um consenso médico e odontológico quanto às causas da disfunção, diversos indícios são apontados por especialistas. Ansiedade e estresse; Alinhamento anormal dos dentes superiores e/ou inferiores (má oclusão); Efeito colateral…

Gengiva sangrando não é algo normal

Sangramento na região é sinal de que as gengivas não estão saudáveis como deveriam. A cena não é tão incomum: após comer uma maçã, escovar os dentes ou passar o fio dental, algumas pessoas percebem que estão com a gengiva sangrando. E quando isso acontece, algo está errado com nossa saúde bucal. E porque as gengivas sangram? Algo está errado com a higiene bucal? O que fazer quando os primeiros sinais surgirem? Neste post, procuramos reunir as respostas a estas perguntas. Causas do sangramento gengival Existem algumas possíveis causas para o sangramento, mas a principal delas atende pelo nome de gengivite, ou inflamação da gengiva. A gengivite é causada pelo acúmulo de placa, que por sua vez forma o tártaro. Resumidamente, este processo leva à inflamação, ao enfraquecimento da gengiva e, por consequência, ao sangramento dos dentes. Importante: caso não seja tratada, a gengivite pode evoluir para a inflamação do…

Causas da hipersensibilidade dentária

Ter dentes sensíveis é um desconforto muito mais comum do que você imagina e, ao mesmo tempo, é um problema bastante inconveniente: quem sofre do mal precisa ficar atento com comidas e bebidas que incomodam, e as refeições, muitas vezes, tornam-se desagradáveis. Com a evolução da odontologia, felizmente, a hipersensibilidade pode ser tratada. Mas, como o problema geralmente está relacionado a hábitos do paciente, é muito melhor prevenir do que remediar, não é mesmo? Neste post, você vai entender o que é a sensibilidade dentária, conhecer as suas principais causas e, em seguida, saber o que pode ser feito caso o problema apareça. O que é hipersensibilidade dentária É a sensibilidade exagerada da dentina vital (localizada abaixo da camada de esmalte), que fica vulnerável a estímulos térmicos, químicos e táteis ao mastigar ou escovar os dentes. A exposição dessa dentina é responsável por uma dor aguda e de curta duração,…