Categoria

Fica a Dica

Categoria

Como aproveitar melhor as consultas do seu plano de saúde

Melhores práticas para não perder tempo e evitar o excesso de consultas e exames. No processo de manutenção da saúde, diagnóstico e tratamento, as consultas médicas são um momento muito importante, mas que nem sempre é devidamente aproveitado pelos beneficiários de planos de saúde. Muitas pessoas perdem tempo com pequenos detalhes na hora da escolha do médico, da marcação de consultas ou até mesmo ao refazer exames de forma desnecessária. Por outro lado, os beneficiários podem colaborar para que os encontros com o médico sejam ainda mais proveitosos. Com algumas dicas simples, é possível utilizar esse tempo de forma inteligente e organizada, colaborando para a otimização do diagnóstico e tratamento. Neste post, veja como aproveitar melhor as suas consultas, desde o momento da escolha do médico até a realização do atendimento – e tire ainda mais proveito do seu plano de saúde. 1.    Escolha seu especialista com cuidado O primeiro passo…

Dicas para escolher o melhor plano dental para você e sua família

Se você está procurando um plano odontológico, provavelmente está interessado nos custos mais baixos com consultas e exames que esse tipo de convênio proporciona. Sem dúvida, essa é a principal característica que tem levado cada vez mais pessoas e empresas a contratar o serviço. A escolha por um plano odontológico, no entanto, não deve ser feita às escuras. Para escolher o plano certo, vale a pena refletir sobre as suas necessidades, conhecer os serviços oferecidos, desconfiar de “vantagens exageradas” e realizar uma pesquisa entre as opções disponíveis. Lembre-se: os planos odontológicos não são todos iguais. Eles podem variar quanto ao preço, quanto ao rol de procedimentos cobertos, quanto à qualidade da rede referenciada etc. Por isso, é fundamental entender o que você realmente precisa para realizar a contratação. Leia também: principais vantagens dos planos odontológicos para empresas. Com este post, trazemos dicas sobre o que levar em conta na hora de…

Golden Cross lança série de cartilhas sobre doenças crônicas

Materiais disponibilizam informação de qualidade com dicas práticas sobre prevenção As doenças crônicas não transmissíveis (DCNT) são um dos maiores problemas de saúde do Brasil, respondendo por mais de 70% das causas de óbito no país. Esse quadro, porém, poderia ser amenizado, uma vez que sua incidência está diretamente relacionada com o estilo de vida que levamos. De acordo com a Pesquisa Nacional de Saúde (PNS), uma parceria do Ministério da Saúde com o IBGE, consumir álcool em excesso, fumar, levar uma vida sedentária e comer poucas frutas e verduras contribuem, e muito, para o aumento dos casos de DCNT. Esse quadro fica ainda mais preocupante se olharmos para as crianças, que representam o nosso futuro. Estudo da Organização Pan-Americana de Saúde mostra que a obesidade infanto-juvenil no Brasil subiu 240% nas últimas duas décadas. Trata-se de um número alarmante, principalmente se levarmos em conta que pesquisas indicam que crianças…

Como escolher o melhor plano de saúde para sua empresa

Apesar do Brasil estar passando por um contexto econômico desafiador, muitas empresas ainda têm dificuldades de reter profissionais talentosos. Desta forma, é natural que as organizações se esforcem para buscar diferenciais que atraiam e retenham os melhores profissionais do mercado. De acordo com pesquisa realizada pela consultoria Catho, os planos de saúde empresariais são uma das melhores opções do ponto de vista dos colaboradores. No levantamento, para 74,5% dos profissionais, os convênios médicos são um dos benefícios mais importantes oferecidos pelas empresas. Esse resultado coloca os planos de saúde a frente inclusive de outros benefícios, como a participação nos lucros, previdência privada e até o vale-refeição. Diante desse contexto, escolher um plano de saúde empresarial é uma decisão muito importante. Muitos empreendedores, empresários e profissionais de RH, no entanto, ainda têm dúvidas sobre o que considerar na hora da contratação. Neste post, nosso objetivo é ajudar você e sua empresa a…

Vamos falar sobre gravidez?

Ter um filho é um momento muito especial, repleto de alegria e amor, mas também de enormes responsabilidades. Em alguns casos, a notícia vem repentinamente, e daí nem dá tempo de pensar em muita coisa. Mas, quando há possibilidade de programar a chegada do bebê, as chances de uma gravidez tranquila e saudável são muito maiores. Para mulheres que vão passar pela primeira gravidez, as “mamães de primeira viagem”, o planejamento é ainda mais importante. Afinal, a vida muda muito com a chegada de um bebê, e é preciso preparar-se adequadamente para esse momento. O primeiro passo para a futura mamãe é buscar dentro de si a certeza de querer engravidar. Afinal, é a mulher quem vai gerar a criança, ter seu corpo transformado durante a gestação e se dedicar integralmente ao bebê – principalmente no primeiro ano de vida dele. A busca dessa certeza, no entanto, não deve ser…

Conheça o Projeto Parto Adequado e seus principais resultados

Iniciativa, que busca reduzir o excesso de cesáreas do país, conseguiu aumentar a taxa de partos vaginais em 76% nos hospitais participantes. No campo da atenção ao parto e ao nascimento, o Brasil é o campeão mundial de cesarianas. Trata-se de um título do qual não podemos nos orgulhar, uma vez que essa realidade está na contramão das evidências científicas e das melhores práticas internacionais. Para se ter uma ideia, no Brasil, em 2015, a proporção de partos cesáreos foi de 57%, contra uma recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS) de apenas 15%! No setor de saúde suplementar, o índice é ainda maior: 84%. O que leva a um número tão alarmante, segundo evidências científicas, não são necessidades clínicas, mas fatores diversos como: cultura médica intervencionista; forma de organização e financiamento dos sistemas de saúde; aspectos socioeconômicos; e características psicológicas e culturais das pacientes. Leia também: fraudes e desperdício…

Saiba onde fazer doação de roupas neste inverno

Você ainda pode doar cobertores, mantas e roupas usadas de bebê, crianças e adultos. Durante o inverno, as temperaturas caem e aumenta a importância da população se envolver com a doação de roupas. A simples conscientização, no entanto, não é suficiente. Além da vontade de doar, é preciso que haja pontos de coleta e de distribuição, o que acaba sendo feito por empresas, ONGs e outras instituições, que nesta época se mobilizam para receber as doações. Para tanto, é disponibilizada uma ampla rede, distribuída em diversos pontos espalhados pelo Rio de Janeiro e região metropolitana para arrecadação de cobertores, mantas e roupas usadas. Neste post, reunimos lugares onde é possível fazer as doações. Confira a lista, revise seu armário e ajude quem realmente precisa. Leia também: entenda a diferença entre rinite e sinusite. Cruz Vermelha Esta é uma das mais tradicionais campanhas de doação de agasalhos do país. Durante toda a…

6 dicas para não engordar no inverno

Quando o inverno está chegando e as temperaturas começam a cair, dá aquela vontade de assistir TV debaixo do cobertor, levando junto deliciosos petiscos, não é mesmo? O problema é que os meses passam e, quando começamos a pensar no verão, tomamos aquele susto na balança. Essa é uma verdadeira armadilha, mas que não é difícil de entender. No frio, sentimos mais fome porque nosso corpo precisa de calorias extras para manter sua temperatura regulada. Além disso, muita gente acaba largando os exercícios. Com essa combinação de calorias a mais com atividade física de menos, o resultado não pode ser outro: acabamos engordando. Por isso, se você quiser evitar os quilos a mais, é preciso ter atenção redobrada. Neste post, reunimos algumas dicas valiosas para evitar o ganho de peso durante a estação. Com elas, acreditamos que é possível aproveitar o melhor do inverno e ainda manter a boa forma.…

ANS esclarece direitos de beneficiários de planos de saúde

Agência identificou principais dúvidas dos consumidores para elaborar campanha institucional. Em 2016, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) realizou uma pesquisa para entender como os consumidores escolhem os planos de saúde, quais são suas principais dúvidas, como eles avaliam a qualidade dos serviços e como anda o conhecimento sobre seus direitos e deveres. Com posse dos dados levantados, a agência se mobilizou para criar uma campanha informativa com o objetivo de explicar para a sociedade seu papel de órgão regulador, bem como esclarecer os consumidores de planos de saúde sobre seus direitos. Conheça os materiais da campanha A campanha contou com um comercial de 30 segundos para televisão, cinco animações para internet e redes sociais, além de um portal dentro do site da agência. Abaixo, conheça e acesse cada material. Filme: no comercial para TV, que tem 30 segundos de duração, a ANS procurou explicar para o consumidor, em…