A promoção do bem-estar no trabalho é tema recorrente entre os empreendedores. Isso porque, cada vez mais, é percebida a relação entre a saúde do trabalhador e o desempenho da empresa no mercado.

Quando a questão humana é negligenciada pela organização, a tendência é que a equipe se desmotive e se engaje menos na realização dos propósitos institucionais. Dessa forma, há queda na produtividade e na qualidade do trabalho desenvolvido.

Pensando nisso, elencamos alguns esclarecimentos sobre os impactos da promoção de um ambiente de trabalho voltado para o bem-estar do colaborador. Não deixe de conferir!

contratar um plano de saúde para sua equipePowered by Rock Convert

O que caracteriza um espaço corporativo saudável?

O conforto e a sensação de bem-estar no trabalho dependem de fatores que podem ser tanto físicos quanto psicológicos. A ergonomia, a temperatura e a sonoridade do ambiente, por exemplo, são aspectos materiais que, se não geridos adequadamente, interferem na integridade física do trabalhador.

Condições comportamentais, por outro lado, também podem atrapalhar a promoção de um clima emocionalmente equilibrado. A pressão aos colaboradores e o estímulo à competição, por exemplo, geram estresse e reduzem a cooperação entre equipes.

Promover uma instituição harmônica e agradável, portanto, exige preocupação por parte do empregador em cuidar da saúde do empregado.

Tendo em vista os inúmeros benefícios dessa prática, diversos empreendedores implementam medidas de bem-estar coletivo como aplicação indispensável ao crescimento do negócio.

Quais são as vantagens investir na saúde do trabalhador?

Melhora as relações dentro da empresa

Quando os níveis de estresse e incômodo físico no ambiente são reduzidos, os colaboradores tendem a cultivar melhores relações dentro da organização. Isso porque, prevalecendo o bem-estar, o espírito de cooperação e o trabalho em equipe fluem de maneira natural.

Além disso, quando o empregador promove ações visando a saúde coletiva, o funcionário sente-se valorizado e reconhecido como importante pela instituição. Isso, sem dúvidas, constrói a credibilidade do negócio e cria uma cultura de estímulo ao respeito mútuo.

Reduz o número de afastamentos

Um ambiente mal estruturado física e emocionalmente pode gerar inúmeros prejuízos à saúde do trabalhador. É fácil notar essa relação observando a quantidade de reclamações por dor nas costas relacionadas à posição de digitação nos escritórios.

Esses problemas, entretanto, elevam o número de afastamentos. Para evitar que a produtividade caia e que os trabalhadores apresentem baixo desempenho, muitas empresas promovem, por exemplo, ginástica laboral e atividades de prevenção ao surgimento de doenças ocupacionais.

Promove a imagem da empresa

A organização que não se preocupa com o bem-estar dos colaboradores transmite ao público a imagem de descompromisso com as questões sociais e a dignidade no ambiente de trabalho.

Tal perspectiva construída pelo mercado gera, entretanto, reflexos na própria credibilidade da organização. Vale lembrar que isso pode refletir em queda na taxa de fidelização e ser um obstáculo ao desenvolvimento do negócio.

Otimiza lucros para o negócio

Quando o trabalhador sente-se bem e disposto para o trabalho, a tendência é que produza mais e desempenhe funções com qualidade. Isso, sem dúvida, é de extrema importância para a empresa, que pode otimizar a força de trabalho da equipe para elevar os lucros.

Powered by Rock Convert

Além disso, a redução de taxas de afastamento e absenteísmo ameniza despesas por questões de saúde e permite que os recursos financeiros sejam melhor aproveitados.

Retém talentos

Uma empresa que garante o bem-estar no ambiente de trabalho dificilmente será alvo de empregados insatisfeitos que buscam outras oportunidades no mercado.

Para a organização, além de menos gastos com treinamentos e demissões, a retenção de trabalhadores significará a possibilidade de cultivar talentos e pessoas com alta experiência.

Se a instituição, por outro lado, negligencia a questão humana, a tendência é que haja pouca constituição de vínculos de familiaridade e pertencimento. Isso gera grandes prejuízos no que diz respeito à formação de líderes e à criação de uma imagem positiva do negócio.

Como promover um ambiente de trabalho saudável?

Realize melhorias no espaço

Para verificar quais são os fatores que afetam o bem-estar do trabalhador, faça um levantamento na própria empresa sobre o tema e dialogue com os colaboradores em busca de melhorias estruturais.

Trabalhe, posteriormente, para corrigir problemas em ordem de prioridade ou urgência. Aos poucos, aspectos físicos do ambiente poderão ser ajustados.

Promova campanhas de conscientização

O incentivo para um espaço de trabalho saudável depende, também, da ajuda dos colaboradores. São eles os beneficiários de todas as melhorias e, portanto, é indispensável que participem desse processo de mudanças.

Para que o funcionário seja melhor inserido no ambiente, portanto, ofereça treinamentos e promova campanhas de conscientização. Dessa forma, ele terá conhecimento sobre ações simples de cuidados com a saúde que potencializam o bem-estar físico e psicológico.

Estimule atividades colaborativas

Cuidar do relacionamento interpessoal no trabalho é aspecto importante para um ambiente harmônico e colaborativo. Para estimular essa questão, promova ações conjuntas que engajem colaboradores e criem uma cultura de cooperação mútua.

Procure, também, desestimular a competitividade e a mentalidade individualista na empresa. Sentindo-se parte essencial no ambiente, o funcionário produzirá mais e se engajará para a realização dos propósitos da instituição.

Ofereça plano de saúde

A disponibilização de plano de saúde é extremamente vantajosa, tanto para a empresa quanto para o funcionário. Isso porque, quando o colaborador se sente seguro e protegido pela empresa, não mede esforços para contribuir com empenho e produtividade no desenvolvimento do trabalho.

O empregador, por outro lado, pode contar com um menor número de faltas por problemas relacionados à saúde, garantindo a redução de custos por afastamento, o aumento da produção e um diferencial competitivo para reter talentos.

A promoção do bem-estar no trabalho é uma medida cada vez mais adotada por empreendedores que desejam ganhar destaque no mercado. Isso porque há uma relação direta entre a saúde física e psicológica dos profissionais e a produtividade das equipes.

Além disso, a preocupação com a qualidade de vida do colaborador é uma maneira de demonstrar preocupação com as questões sociais e humanas, virtude que constitui um grande diferencial competitivo à empresa.

E então? Gostou do artigo? Complete a leitura e descubra quais são os melhores benefícios aos funcionários!

Powered by Rock Convert

Escreva um comentário

Share This