Autor

Golden Cross

Browsing

Sangramento na gengiva não é normal! Conheça as 11 principais causas

Dizem que o organismo nos envia sinais a cada vez que algo não está bem conosco. Com a saúde bucal, não é diferente. O sangramento na gengiva, por exemplo, pode indicar uma série de problemas relacionados à nossa saúde em geral, muito além da falta de higienização adequada dos dentes. Provavelmente, em algum momento da vida, você já deve ter passado por isso, percebendo que a mucosa está machucada ao escovar os dentes ou passar o fio dental. A questão é que esse problema não deve ser considerado normal e é preciso procurar um dentista para fazer uma avaliação das causas do sangramento. Você está passando por essa situação e quer entender melhor o assunto? Então, continue a leitura e entenda o que pode causar sangramento na gengiva e quais são os possíveis tratamentos para o problema! Veja 11 causas mais recorrentes do sangramento na gengiva O sangramento na gengiva pode…

Saúde emocional e saúde bucal: uma relação mais direta do que você imagina

Muitas pessoas podem não imaginar, mas há uma relação forte entre a saúde bucal e a saúde emocional, que tem origem na primeira infância e nos acompanha por toda a vida. Afinal de contas, é por meio da boca que nos alimentamos e que expressamos — ou que deixamos de demonstrar — o que sentimos. E é justamente por isso que ela pode ser tão afetada pelas nossas emoções. O fato é que muitos problemas de saúde oral podem ter relação com fatores psicológicos, que acabam atingindo nosso organismo também fisicamente. Aqui entram, em especial, a ansiedade e o estresse, entre outros problemas emocionais. Para que você saiba mais sobre o assunto, vamos apresentar, com mais detalhes, a relação entre a saúde bucal e a emocional e mostrar que agravos podem ser provocados quando há um desequilíbrio em nosso corpo e mente. Confira! Qual a relação entre a saúde emocional…

Guia completo para contratar um plano odontológico sem carência

Cuidar da saúde bucal é muito mais do que querer manter um sorriso bonito: é como investir na sua qualidade de vida e bem-estar. Por isso, contratar um plano é uma ótima ideia para facilitar o seu dia a dia — melhor ainda se for um plano odontológico sem carência, não é mesmo? Poder usufruir dos serviços a partir do momento da contratação é o ideal, mas será que isso é possível? Quais são as vantagens envolvidas e os cuidados a serem tomados? Continue lendo o texto para ficar por dentro do assunto! O que significa carência? Assim como acontece com os planos de saúde, a carência é o período previsto em contrato no qual é paga a mensalidade mas ainda não se tem acesso a determinadas coberturas previstas. Ou seja, o cliente deve esperar um período antes de começar a utilizar determinados serviços oferecidos pelo seu plano. Essa é uma prática bastante comum e autorizada pela…

Listamos as 5 doenças mais comuns nos trabalhadores brasileiros

As doenças bucais são um problema muito comum na população brasileira. Seja pela falta de cuidados pessoais, ou até mesmo em razão da ainda limitada infraestrutura na rede pública. Nesse contexto, precisamos falar sobre um assunto muito importante: as doenças bucais associadas ao ambiente de trabalho. O cotidiano de certas profissões pode contribuir para o aparecimento de problemas na boca, por razões normalmente relacionadas tanto às rotinas e atribuições quanto às condições oferecidas pelos empregadores. Independentemente das causas, é fundamental que conversemos sobre as principais doenças bucais relacionadas ao trabalho, de modo a informar ao trabalhador e gestores sobre os problemas mais comuns, suas formas de prevenção e tratamentos, com o objetivo de proporcionar mais qualidade de vida ao ambiente profissional. Pensando nisso, preparamos uma lista com as doenças mais comuns e conversaremos também sobre suas manifestações clínicas, sintomas, diagnósticos e tratamentos. Boa leitura! Quais são as causas de doenças bucais relacionadas…

Consulta ao dentista: afinal, com qual frequência devo ir?

Muitas pessoas não têm o costume de ir com frequência à consulta ao dentista. Em vez de adotar esse hábito enquanto uma forma de prevenção para os problemas odontológicos, é comum perceber a busca por um profissional apenas quando se manifestam sintomas. No entanto, como já diz o ditado, é muito melhor prevenir do que remediar. Sendo assim, as visitas frequentes ao dentista são importantes para que a saúde bucal esteja equilibrada e não seja necessário fazer intervenções mais complexas. Preparamos este artigo com o intuito de explicar melhor a importância de ir às consultas ao dentista e o que é feito no consultório. Além disso, trazemos algumas dicas de como proceder corretamente com os cuidados em casa. Acompanhe e veja como cuidar do seu sorriso. A frequência ideal da consulta ao dentista Uma das melhores formas de cuidar da saúde, tanto orgânica quanto bucal, é prevenindo os problemas que poderiam se manifestar.…

Existe relação entre saúde bucal e emagrecimento?

Manter o peso dentro de níveis saudáveis (de acordo, é claro, com cada corpo e organismo) vai muito além de razões estéticas: essa é, sem dúvidas, uma questão de saúde e equilíbrio, já que a obesidade é tida como uma verdadeira epidemia mundial. O que poucas pessoas sabem, no entanto, é que pode haver uma relação direta entre saúde bucal e emagrecimento. É isso mesmo! Para conseguir reduzir números na balança e conquistar muito mais qualidade de vida, é fundamental que você conheça muito bem a relação entre dentes saudáveis e a perda de peso. Ficou interessado e gostaria de saber mais sobre esse assunto? Continue a leitura e conheça a importância de manter uma boca muito saudável para conseguir o corpo de seus sonhos! O que é obesidade e quais seus riscos para a saúde? Antes de falarmos especificamente sobre a relação entre saúde bucal e emagrecimento, precisamos explicar o que…

Odontopediatria e pais: uma combinação em prol da saúde bucal das crianças

A odontopediatria é, como o próprio nome já indica, uma especialidade odontológica focada no atendimento de crianças de diversas idades. No entanto, a saúde bucal dos pequenos não é uma responsabilidade exclusiva do dentista: a família tem importante participação do processo de estabelecimento de hábitos saudáveis e cuidados periódicos. Dito isso, é inegável a importância de um acompanhamento odontológico precoce. Esse cuidado favorece a prevenção de inúmeras doenças e garante um desenvolvimento muito mais saudável não só dos dentes, mas de toda a parte óssea do rosto da criançada. Inclusive, evita problemas mastigatórios no futuro, além de uma série de outros distúrbios. Mas afinal, quais são as principais características da odontopediatria? Quais são suas funções no trato da saúde bucal das crianças e como os pais (e toda a família) podem participar desse processo? Pensando nessas dúvidas, preparamos um artigo completinho sobre o tema. Boa leitura! O que é a odontopediatria?…

Benefícios aos funcionários: elencamos os melhores de todos os tempos

Uma das melhores coisas que uma empresa pode fazer é oferecer benefícios aos funcionários. Esse tipo de política é capaz de apresentar resultados surpreendentes, principalmente relacionados ao desempenho de cada colaborador. Essa estratégia é uma forma de fazer com que o funcionário se sinta valorizado, o que resulta, inclusive, no seu desejo de dar o melhor no trabalho e continuar fazendo parte da equipe. E você, já pensou que alguns gastos podem ser verdadeiros investimentos para favorecer o seu próprio sucesso? Conheça, a seguir, sugestões de benefícios que você deve considerar! Plano de saúde A assistência mais comum e conhecida no mercado é o plano de saúde. De fato, é uma área tão delicada da vida das pessoas que oferecer essa facilidade realmente é uma ótima vantagem — ainda mais que o sistema público tem dificuldades para atender a todas as demandas da população. Por isso, o ideal é escolher uma operadora de boa qualidade…

Dores de dente: como impactam a qualidade de vida do colaborador?

As dores de dente podem ser efeito da falta de cuidado com a saúde bucal. Por vezes, a pessoa não teve uma orientação correta quando criança ou, então, simplesmente não seguia as recomendações dos pais quando o assunto era fazer a escovação após as refeições. Mais tarde, as consequências de uma higiene bucal não eficiente ou até inexistente vêm à tona e o indivíduo precisa lidar com a aquela sensação ruim de latejamento na boca, a qual pode impedi-lo de comer, de dormir e, até mesmo, de trabalhar. A situação pode ser desesperadora quando a pessoa não tem um plano odontológico e precisa esperar por horas ou até dias para ter atendimento no serviço público. Diante dessa realidade, você já parou para pensar nos impactos que as dores de dente causam na qualidade de vida e na produtividade dos trabalhadores? Continue a nos acompanhar e conheça esses reflexos! Como as dores de dente atrapalham…

O que saber antes de contratar um plano odontológico?

Contratar um plano odontológico pode ser uma excelente forma de melhorar a relação entre a empresa e os colaboradores. Afinal, a oferta de benefícios de qualidade para a equipe de trabalho favorece a motivação dos funcionários e, consequentemente, diminui a rotatividade no emprego. Ainda assim, escolher um bom plano odontológico não é tarefa fácil, já que o empresário precisa encontrar um convênio que seja adequado às características do negócio, como número de colaboradores atendidos, e que supra as necessidades dos trabalhadores, como serviços disponibilizados. Para ajudar você a optar pelo melhor convênio para a sua empresa, apresentamos em seguida várias dicas para quem quer contratar um plano odontológico. Confira! Verifique qual é a cobertura básica de procedimentos Devido à segmentação de mercado, é comum as operadoras de saúde oferecerem diversos tipos de plano odontológico, os quais oferecem desde serviços simples, como limpeza dos dentes e tratamento para gengiva, até procedimentos mais complexos, por…