11 problemas que podem ser evitados com uma boa assistência odontológica

8 minutos para ler

Provavelmente, você já ouviu falar no ditado “a saúde começa pela boca”, certo? Pois bem, a máxima da frase é verdadeira e faz todo o sentido quando falamos sobre ter uma vida saudável e de qualidade. E, para isso, uma boa assistência odontológica pode fazer toda a diferença em sua vida.

Até pouquíssimo tempo atrás, a população brasileira não cuidava bem dos dentes e tampouco da saúde bucal como um todo. A partir de inúmeros trabalhos de conscientização e da implantação de programas específicos para os cuidados com o sorriso (como o Brasil Sorridente, do Sistema Único de Saúde), o número de indivíduos preocupados com esse tema cresceu bastante.

A seguir, reunimos 11 problemas que podem ser evitados se você tomar os devidos cuidados com a sua saúde bucal. Continue com a leitura e entenda por que uma assistência odontológica apropriada é essencial para garantir uma vida longa e muito mais feliz para você e toda a sua família!

1. Distúrbios de autoestima

Já que começamos mencionando um dito popular, vale a pena lembrar de mais um: dizem que “os olhos são a janela da alma”. Esse provérbio pode até ser verdade, mas  há de se considerar que o sorriso, sem dúvidas, também é uma ótima forma de expressar aquilo que sentimos, não é mesmo?

Exatamente por isso que os problemas nos dentes costumam afetar a saúde emocional das pessoas e, geralmente, geram grandes distúrbios relacionados à autoestima. Contar com uma boa assistência odontológica, nesse sentido, é a melhor medida para evitar inseguranças na hora de sorrir.

Ter o acompanhamento de profissionais qualificados garantirá que os seus dentes estejam sempre com uma bela aparência e, o mais importante, extremamente saudáveis!

2. Comprometimento da vida social

Esse é um tema diretamente relacionado à baixa de autoestima ocasionada por problemas de saúde bucal. Situações incômodas, como sensibilidade, sangramento das gengivas, entre outras, podem levar as pessoas a não conseguirem, por exemplo, ingerir determinados tipos de alimentos. Assim, acabam recusando alguns convites que poderiam ser importantes para a sua vida social.

Outro fator que pode contribuir para isso está relacionado à estética: dentes escuros, manchados ou desalinhados costumam deixar as pessoas mais retraídas, com menos vontade de sorrir e, em alguns casos, até de conviver com os demais. Problemas odontológicos que podem causar halitose intensificam ainda mais esse quadro, levando a uma maior reclusão.

3. Quadros odontológicos graves

Muitas pessoas, por medo de irem ao dentista ou receio de ultrapassarem o orçamento mensal, acabam adiando as visitas ao consultório odontológico, mesmo quando sabem que há algum problema com a sua saúde bucal.

Acontece que a falta de uma assistência periódica, infelizmente, é responsável pelo surgimento de tártaro, gengivite, entre outros diagnósticos dentários que podem ser mais sérios do que você imagina. Afinal, consultas regulares são responsáveis por garantir uma prevenção eficaz contra a maioria das doenças bucais.

Um bom exemplo são as cáries. À primeira vista, elas parecem ser ocorrências relativamente simples de se resolver. No entanto, à medida que o problema se agrava, procedimentos como o canal ou, até mesmo, a extração do dente podem ser necessários — e tudo isso poderia ser facilmente evitado caso o tratamento fosse iniciado precocemente.

4. Queda na produtividade

A baixa de produção pode estar relacionada tanto aos problemas de autoestima quanto aos desdobramentos das doenças que ocorrem na boca. No primeiro caso, a relação é bastante simples e acontece por conta do isolamento social gerado pelas doenças bucais e as suas consequências.

Já na segunda ocorrência, a dor é um dos principais fatores relevantes. Problemas dentários causam grande desconforto e, quando se agravam, podem fazer com que o paciente não consiga realizar as tarefas do dia a dia com a mesma eficiência esperada pela empresa.

5. Ausências no trabalho

Os problemas de saúde bucal também podem ser responsáveis por boa parte das faltas registradas no ambiente de trabalho. Um dos motivos é a ausência de planejamento e de acompanhamento adequado com dentistas qualificados. Sem o plano odontológico, muitas vezes, acabamos deixando de lado o cuidado que deveria ser uma prioridade em nossas vidas.

Como mencionamos, quem não cuida dos dentes com frequência, em visitas regulares ao dentista, fica mais suscetível a problemas como cáries, gengivite, sensibilidade, dor, entre muitos outros. Assim, acabam tendo de faltar ao trabalho em datas não previstas, gerando problemas tanto para a empresa quanto para si mesmos.

Powered by Rock Convert

6. Gastos extras com dentista

O agravamento de um problema inicialmente simples e a falta de check-ups regulares para garantir a saúde bucal levam, também, a um problema de origem monetária: o gasto excessivo com tratamentos dentários.

Ao contar com um plano odontológico você não precisa ter essa preocupação, pois arcará com parcelas mensais acessíveis e ainda terá a possibilidade de estender a assistência a seus dependentes por preços mais baixos.

Assim, é mais fácil controlar as finanças, sabendo que não terá custos extras com situações imprevistas ou com procedimentos inevitavelmente mais caros e pesados para o orçamento se realizados por meio particular. Mais do que isso, ao se consultar regularmente com o dentista, as chances de sofrer com problemas emergenciais são reduzidas.

7. Demora em tratamentos odontológicos

Uma alternativa para cuidar da sua saúde bucal é buscar atendimento odontológico na rede pública de saúde. Porém, há de se considerar que o agendamento para determinados tipos de procedimentos costumam ser muito demorados e, ao enfrentar longas filas de espera, há o risco do quadro para o qual busca tratamento se agravar. Por isso, manter um plano odontológico acaba sendo a melhor opção com excelente custo benefício.

8. Problemas para lidar com situações emergenciais

Infelizmente, todos estão suscetíveis a precisar de um atendimento odontológico de emergência. Quando isso acontece, temos de saber para onde ir, ou corremos o risco de cair em armadilhas — que podem ocorrer tanto no que diz respeito ao valor elevado de uma consulta ou procedimento quanto devido ao preparo do profissional que está lidando com a nossa saúde.

É por isso que contar com a ajuda de uma assistência odontológica é tão importante. Ter acesso a uma rede de atendimento confiável quando precisa é um passo decisivo na hora de buscar ajuda emergencial. Afinal, você estará seguro de que será tratado da melhor maneira naquele ambiente.

9. Dificuldade em conhecer profissionais de qualidade

Outro problema comum é, justamente, a dificuldade para encontrar profissionais qualificados e preparados para atuar em seus segmentos. Isso não ocorre quando contamos com atendimento de uma assistência odontológica eficiente.

A razão para isso é simples: a própria empresa é a responsável por montar uma equipe de primeira linha, com dentistas experientes e que sabem o que estão fazendo. Assim, você não tem dúvidas e sabe exatamente a quem recorrer quando for necessário!

10. Burocracia exagerada

Ninguém gosta de lidar com papeladas e problemas contratuais, certo? Quando acontece uma situação emergencial e precisamos, às pressas, encontrar um atendimento rápido e eficiente, é muito comum nos depararmos com situações de pura burocracia.

Um plano de assistência odontológica também reduz esse tipo de problema. Isso ocorre porque haverá profissionais à disposição para realizar atendimentos diversos, oferecendo, ainda, um suporte garantido para esses imprevistos.

Outra comodidade, disponibilizada por muitas operadoras, é o agendamento online, que permite verificar a disponibilidade de diferentes profissionais e fazer a marcação de consultas de rotina de forma fácil e prática.

11. Alternativas de pagamentos restritas

Outro problema bastante desagradável e comum — especialmente quando falamos de emergências, mas que também vale para um sentido mais amplo dos tratamentos odontológicos — é a dificuldade para efetuar os pagamentos.

Muitos dentistas ou clínicas não aceitam, por exemplo, a quitação em dinheiro. Outros, por sua vez, trabalham unicamente com cartões de crédito ou débito. O plano odontológico auxilia você, inclusive, nessa questão. Ele atende a todas as suas necessidades, até mesmo no que diz respeito aos detalhes.

E aí, está convencido a buscar uma boa assistência odontológica? Com o auxílio de uma operadora de saúde qualificada, ficará muito mais fácil cuidar do sorriso de toda a família e evitar as situações incômodas que mencionamos. Por isso, pesquise bastante sobre as opções e os benefícios desse tipo de investimento para a sua qualidade de vida!

Há uma série de opções no mercado para que você faça a melhor escolha entre os planos odontológicos disponíveis. E se você acha que isso pode ser importante para você, certamente também será para a sua rede de amigos, familiares e contatos. Portanto, que tal compartilhar este conteúdo com mais pessoas em suas redes sociais?

Powered by Rock Convert
Posts relacionados

Deixe um comentário