O que é Novembro Azul e como ele começou?

Golden Cuida

por Golden Cross

Fri Nov 03 00:00:00 BRST 2017


Com o fim do mês de outubro e das comemorações relativas ao Outubro Rosa, outro movimento com o objetivo de alertar a população sobre a importância da conscientização e da prevenção ao câncer se inicia: a campanha Novembro Azul.

Realizada pela ONG Instituto Lado a Lado pela Vida em parceria com a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), a campanha tem como principal objetivo chamar a atenção da sociedade para a necessidade de diagnosticar precocemente o câncer de próstata (o segundo mais comum entre os homens brasileiros).

A mobilização realmente se justifica: segundo dados do Ministério da Saúde, em 2015, quase 15 mil homens perderam a vida em decorrência da doença no país, o que representa uma taxa de mortalidade de 25%, considerada muito alta.

Segundo a SBU, o principal motivo dessa taxa é o preconceito dos homens em fazer o exame do toque retal, fundamental para descobrir a doença.

Como esse exame deixa de ser realizado na maioria das vezes, cerca de 20% dos casos são diagnosticados em estágios avançados da doença, o que torna o tratamento mais complicado e aumenta a taxa de mortalidade.

Histórico do Novembro Azul

A inspiração da campanha novembro azul vem do exterior. Em 1999, na Austrália, um grupo de amigos, como forma de estimular os homens a cuidarem mais da sua saúde, decidiu deixar o bigode crescer durante todo o mês de novembro*.

*Em novembro, no dia 17, é comemorado o Dia Mundial do Combate ao Câncer de Próstata.

Surgia ali o Movember, movimento cujo foco não era apenas a prevenção ao câncer de próstata, mas também o estímulo aos cuidados do homem com a sua saúde. Em poucos anos, a iniciativa repercutiu em todo o país e se espalhou pelo mundo.

Saiba mais sobre o Movember Foundation.

Em 2014, inspirado pelo Movember, o Instituto Lado a Lado pela Vida, em parceria com a SBU, lançou a campanha Novembro Azul, cujo foco principal é a prevenção ao câncer de próstata, em especial a quebra do preconceito com relação ao exame clínico (toque retal).

Esse exame, capaz de identificar a doença precocemente, é sempre tratado com muito preconceito pelos homens, principalmente em razão do toque retal. Em função disso, muitos homens não procuram o urologista, fazendo com que o diagnóstico seja realizado tardiamente.

Novembro Azul: em 2017 a campanha amplia seu foco

Neste ano, a campanha ampliou seu foco, incluindo em suas ações o estímulo a uma cultura de prevenção que abrange não apenas o câncer de próstata, mas também a saúde como um todo, e isso inclui: realização de exercícios físicos; alimentação equilibrada; e prevenção de doenças como hipertensão, obesidade e diabetes.

No portal da campanha há uma sessão exclusiva sobre as fases do homem, que reúne as doenças mais significativas em cada fase da vida. Confira.

Novembro Azul: principais ações de mobilização

Desde a primeira versão, a iniciativa vem realizando diversas ações ao longo do mês de novembro. Conheça as principais frentes.

  • Rodas de Conversa: sessões realizadas em clínicas e hospitais públicos e particulares que abrem espaço para pacientes, acompanhantes e psicólogos trocarem dúvidas e informações sobre diagnóstico e tratamento do câncer de próstata;

  • Circuitos da Saúde: são ações em local de grande circulação que realizam gratuitamente exames de PSA (que fazem parte do diagnóstico da doença) e promovem exposições, distribuição de material informativo, entre outras atividades;
  • Iluminação: todos os anos, o movimento ilumina de azul diversos prédios públicos e monumentos, o que se tornou um símbolo da campanha;
  • Ações na mídia: com a parceria de celebridades, o movimento amplia a sua mensagem. Neste ano, por exemplo, o Domingão do Faustão, da TV Globo, dedicou o quadro “Telão do Domingão” ao tema. Confira.
  • Portal web: além de informações sobre a campanha, o site ainda disponibiliza diversos materiais para baixar, tais como apresentações, cartilhas e folhetos sobre o câncer de próstata.

Saiba mais

Portal Brasil Escola

Portal da Campanha Novembro Azul

Portal EBC

Propaganda